Termografia Infravermelha na Odontologia

Autores

  • Ana Marly Araújo Maia Amorim Universidade Estadual da Paraíba, Professora do Programa de Pós-Graduação em Odontologia https://orcid.org/0000-0003-2829-3768
  • Jussara da Silva Barbosa Universidade Estadual da Paraíba, Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Odontologia
  • Ana Priscila Lira de Farias Freitas Universidade Estadual da Paraíba, Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Odontologia
  • José Eraldo Ferreira Viana Universidade Estadual da Paraíba, Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Odontologia
  • Luiz Eduardo Marinho Vieira Universidade Estadual da Paraíba, Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Odontologia
  • Fernanda Clotilde Mariz Suassuna Universidade Estadual da Paraíba, Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Odontologia
  • Patrícia Meira Bento Universidade Estadual da Paraíba, Professora do Programa de Pós-Graduação em Odontologia
  • Daniela Pita de Melo Universidade Estadual da Paraíba, Professora do Programa de Pós-Graduação em Odontologia

DOI:

https://doi.org/10.34019/1982-8047.2018.v44.13943

Palavras-chave:

Termografia, Odontologia, Diagnóstico

Resumo

A termografia infravermelha consiste em um exame de imagem complementar aplicada na avaliação da temperatura corporal com base na emissão de radiação infravermelha através da pele, podendo auxiliar no diagnóstico ou monitoramento das intervenções terapêuticas. Trata-se de uma técnica não ionizante e não invasiva que capta e registra a distribuição térmica da superfície cutânea avaliada por meio das alterações na microcirculação dos pacientes frente a diferentes condições patológicas. Dentre as aplicações na Odontologia, a termografia pode complementar o exame físico anatômico, visto que apresenta em tempo real condições fisiológicas, de acordo com a temperatura. Esta técnica pode auxiliar no diagnóstico e planejamento do tratamento de alterações orofaciais, como processos inflamatórios e infecciosos na região orofacial, acompanhamento pós-cirúrgico e na avaliação rotineira da dor crônica, como em casos de pacientes com DTM. A termografia ainda é pouco utilizada na Odontologia, e protocolos para avaliação de alterações na região de cabeça e pescoço ainda devem ser testados e estabelecidos. Porém, já mostra ser um exame complementar de boa performance na detecção de pontos gatilho da dor, acompanhamento de pacientes de forma não invasiva e como documentação médico-legal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Marly Araújo Maia Amorim, Universidade Estadual da Paraíba, Professora do Programa de Pós-Graduação em Odontologia

Departamento de Odontologia, Área de concentração Diagnóstico de Alterações do Sistema Estomatognático

Jussara da Silva Barbosa, Universidade Estadual da Paraíba, Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Odontologia

Departamento de Odontologia, Área de concentração Diagnóstico de Alterações do Sistema Estomatognático

Ana Priscila Lira de Farias Freitas, Universidade Estadual da Paraíba, Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Odontologia

Departamento de Odontologia; Área de concentração Diagnóstico de Alterações do Sistema Estomatognático

José Eraldo Ferreira Viana, Universidade Estadual da Paraíba, Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Odontologia

Departamento de Odontologia; Área de concentração Diagnóstico de Alterações do Sistema Estomatognático

Luiz Eduardo Marinho Vieira, Universidade Estadual da Paraíba, Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Odontologia

Departamento de Odontologia; Área de concentração Diagnóstico de Alterações do Sistema Estomatognático

Fernanda Clotilde Mariz Suassuna, Universidade Estadual da Paraíba, Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Odontologia

Departamento de Odontologia; Área de concentração Diagnóstico de Alterações do Sistema Estomatognático

Patrícia Meira Bento, Universidade Estadual da Paraíba, Professora do Programa de Pós-Graduação em Odontologia

Departamento de Odontologia; Área de concentração Diagnóstico de Alterações do Sistema Estomatognático

Daniela Pita de Melo, Universidade Estadual da Paraíba, Professora do Programa de Pós-Graduação em Odontologia

Departamento de Odontologia; Área de concentração Diagnóstico de Alterações do Sistema Estomatognático

Referências

ABREU, M. M. et al. Consistency of brain temperature tunnel measurements in different environmental temperature. American Society of Anestesyologists. A673, 2010.

AIRES JÚNIOR, F.A.F. Otimização do processo metodológico para aquisição de imagens termográficas da face. 2018. 95f. Tese (Doutorado em Engenharia de Processos) – Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, 2018.

BANDEIRA, F. et al. Termografia no apoio ao diagnóstico de lesão muscular no esporte. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, v. 20, n. 1, p. 59-64, 2014

BARROS, A.; MENDES, J.; MOREIRA, A.; VARDASCA, R.; PAIS CLEMENTE, M.; PINHÃO FERREIRA, A. Thermographic Study of the Orofacial Structures Involved in Clarinetists Musical Performance. Dentistry Journal, v.6, n.4, 2018.

BEHNIA, A.; MCDONALD, N.J. Avaliação termográfica infravermelha in vitro da raiz

temperaturas da superfície geradas pelo sistema thermafil plus. Journal of Endodontics, v.93, n.3, p. 203-5, 2001.

BERNARD, V. et al. Infrared camera assessment of skin surface temperature--effect of emissivity. Physica Medica., v. 29, n. 6, p. 583-91, 2013.

BOUDREAU, S. A. et al. Vascular and psychophysical effects of topical capsaicin application to orofacial tissues. Journal of Oral & Facial Pain and Headache, v. 23, n. 3, p. 253-64, 2009.

BRIOSCHI, M. L.; MACEDO, J. F.; MACEDO, R. A. C. Termometria Cutânea Infravermelha de Alta Sensibilidade (T.I.A.S.) – Definição, Aplicações e Especificações. Revista Médica do Paraná. v. 59, n. 2, p. 56-63, 2001.

BRIOSCHI, M. L; MACEDO, J. F.; MACEDO, R. A. C. Skin thermometry: new concepts. Jornal Vascular Brasileiro, v. 2, n. 2, p. 151-60, 2003.

BRIOSCHI, M. L. et al. Terapia de pontos-gatilhos guiada por termografia infravermelha. Revista Dor., v. 5, n. 3, p. 9, 2004.

BRIOSCHI, M. L, ABRAMAVICUS, S.; CORREA, C. F. Valor da imagem infravermelha na avaliação da dor. Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor, v. 6, n. 1, p. 514-524, 2005.

BRIOSCHI, M. L.; YENG, L. T.; TEIXEIRA, M. J. Diagnóstico Avançado em Dor por Imagem Infravermelha e Outras Aplicações. Prática Hospitalar. Ano IX, n. 50, 2007.

BRIOSCHI, M. L. et al. Princípios e Indicações da Termografia Médica. 1. ed. São Paulo: Andreoli, 2010.

BRIOSCHI, M. L. Metodologia de normalização de análise do campo de temperaturas em imagem infravermelha humana. 2011. 115f. Tese (Doutorado em Engenharia Mecânica) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2011.

BRISEÑO MARROQUÍN, B.; WOLF, T.G.; SCHÜRGER, D.; WILLERSHAUSEN, B. Thermoplastic properties of endodontic gutta-percha: a thermographic in vitro study. Journal of Endodontics, v.41, n.1, p. 79-82, 2015.

CANAVAN, D.; GRATT, B. M. Electronic thermography for the assessment of mild and moderate temporomandibular joint dysfunction. Oral Surgery, Oral Medicine, Oral Pathology and Oral Radiology, v. 79, n. 6, p. 778–86, 1995.

CHAKRABORTY, M.; MUKHOPADHYA,Y. S.; DASGUPTA, A.; PATSA, S.; ANJUM, N.; RAY, J.G. A new approach of oral cancer detection using bilateral texture features in digital infrared thermal images. Conference proceedings: IEEE Engineering in Medicine and Biology Society Soc., p. 1377-1380, 2016

CHRISTENSEN. J.; VAETH, M.; WENZEL, A. Thermographic imaging of facial skin-gender differences and temperature changes over time in healthy subjects. Dentomaxillofacial Radiology., v.41, n.8, p. 662-7, 2012.

CÔRTE, A. C. R.; HERNANDEZ, A. J. Termografia médica infravermelha aplicada à medicina do esporte. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. v. 22, n. 4, p. 315-19, 2016.

DEMARTINO, M. M. F.; SIMÕES, A. L. B. A comparative study of tympanic and oral

temperatures in healthy adults. Revista de Ciências Médicas., Campinas, v. 12, n. 2, p. 115-121,

DIAKIDES, N.A.; BRONZINO, J.D. Medical infrared imaging. Boca Raton: CRC Press; 2008.

DIBAI FILHO, A.V.; PACKER, A.C.; COSTA, A.C.; RODRIGUES-BIGATON, D. Accuracy of infrared thermography of the masticatory muscles for the diagnosis of myogenous temporomandibular disorder. Journal of Manipulative and Physiological Therapeutics, v.36, n.4, p. 245-52, 2013.

DIBAI-FILHO, A.V. et al. The chronicity of myogenous temporomandibular disorder changes the skin temperature over the anterior temporalis muscle. Journal of Bodywork & Movement Therapies, v. 18, n. 3, p. 430-4, 2014.

DIBAI-FILHO, A.V.; COSTA, A.C.; PACKER, A.C.; DE CASTRO, E.M.; RODRIGUES-BIGATON, D. Women with more severe degrees of temporomandibular disorder exhibit an increase in temperature over the temporomandibular joint. Saudi Dental Journal, v.27, n.1, p. 44-9, 2015.

GHEORGHIÞÃ, D.; GHEORGHIÞÃ, B. Thermography-investigation method of diagnosis and treatment in temporomandibular joint territory. Oral Health and Dental Management. v. 6, n. 4, p. 60-4, 2007.

GRATT, B. M. Clinical application of static area telethermography in dentistry. Bergen, Norway: Bergen Print Service AS, p. 255, 1998.

HADDAD, D. S., BRIOSCHI, M. L.; ARITA, E. S. Thermographic and clinical correlation of myofascial trigger points in the masticatory muscles. Dentomaxillofacial Radiology., v. 41, n. 8, p. 621-9, 2012.

HADDAD, D. S. et al. Thermographic characterization of masticatory muscle regions in volunteers with and without myogenous temporomandibular disorder: preliminary results. Dentomaxillofacial Radiology. v. 43, n. 8, p. 20130440, 2014.

HADDAD, D. S. et al. A new evaluation of heat distribution on facial skin surface by infrared thermography. Dentomaxillofacial Radiology., v. 45, n. 4, 2016.

HAKGUDER, A. et al. Efficacy of low level laser therapy in myofascial pain syndrome: an algometric and thermographic evaluation. Lasers in Surgery and Medicine., v. 33, n. 5, p. 339-43, 2003.

HARDER, S.; EGERT, C.; FREITAG-WOLF, S.; MEHL, C.; KERN, M. Intraosseous Temperature Changes During Implant Site Preparation: In Vitro Comparison of Thermocouples and Infrared Thermography. The International Journal of Oral & Maxillofacial Implants., v.33, n.1, p. 72-78, 2018.

HILDEBRANDT, C.; RASCHNER, C.; AMMER, K. An overview of recent application of medical infrared thermography in sports medicine in Austria. Sensors. v. 10, n. 5, p. 4700-15, 2010.

IOSIF, L.; PREOTEASA, C.T.; MURARIU-MĂGUREANU, C.; PREOTEASA, E. Clinical study on thermography, as modern investigation method for Candida-associated denture stomatitis. Romanian Journal of Morphology and Embryology., v.57, n.1, p. 191-5, 2016.

KAWANO, W. et al. Deep thermometry of temporomandibular joint and masticatory muscle regions. Journal of Prosthetic Dentistry, v. 69, n. 2, p. 216-21, 1993.

KEMPPAINEN, P.; FORSTER, C.; HANDWERKER, H. O. The importance of timulus site and intensity in differences of pain-induced vascular reflexes in human orofacial regions. Pain, v. 91, n. 3, p. 331-8, 2001.

MOULI, P., CHANDRA, E., et al. Application of Thermography in Dentistry-A Review. Journal of Dental and Medical Sciences. v. 1, n. 1, p. 39-43, 2012.

NAKAMURA, K. Central circuitries for body temperature regulation and fever. Amerin Journal Physiology Regulatory, Integrative and Comparative Physiology., v. 301, n. 5, p. 1207-28, 2011

NIEDZIELSKA, I.; PAWELEC, S.; PUSZCZEWICZ, Z. The employment of thermographic examinations in the diagnostics of diseases of the paranasal sinuses. Dentomaxillofacial Radiology. v. 46, n. 6, p. 20160367, 2017.

PARK, C.H.; KIM, K.H.; RIOS, H.F.; LEE, Y.M.; GIANNOBILE, W.V.; SEOL, Y.J. Spatiotemporally controlled microchannels of periodontal mimic scaffolds. Journal of Dental Research., v.83, n.12, p,1304-12, 2014.

PEDREIRA, A.A.; WANDERLEY, F.G.; AS, M.F.; VIENA, C.S.; PEREZ, A.; HOSHI, R.; LEITE, M.P.; REIS, S.R.; MEDRADO, A.P. Thermographic and clinical evaluation of 808-nm laser photobiomodulation effects after third molar extraction. Minerva Stomatologica, v.65, n.4, p. 213-22, 2016.

PRESÍDIO, L. R.; WANDERLEY, F. G. C.; MEDRADO, A. P. O uso da termografia infravermelha na odontologia e suas especialidades: uma revisão sistemática. Revista Bahiana de Odontologia. v. 7, n. 2, 2016.

PROTEASA, E. et al. Thermography, an imagistic method in investigation of the oral mucosa status in complete denture wearers. Journal of optoelectronics and advanced materials. v. 12, n. 11, p. 2333-40, 2010.

QUINTANA, M. S.; CUEVAS, I. F.; CARMONA, P. G. Infrared Thermography as a means of monitoring and preventing sports injuries. In Innovative Research in Thermal Imaging for Biology and Medicine; IGI Global: Hershey, PA, USA, 2017.

RING, E. F.; AMMER, K. Infrared thermal imaging in medicine. Physiological Measurement, v. 33, n. 3, p. 33-46, 2012.

RODRIGUES-BIGATON, D. et al. Accuracy of two forms of infrared image analysis of the masticatory muscles in the diagnosis of myogenous temporomandibular disorder. Journal of Bodywork and Movement Therapies, v. 18, n. 1, p. 49-55, 2014.

SCHWARTZ, R. G. et al. Temporomandibular disorders. The New England Journal of Medicine., v. 359, p. 447-66, 2008.

SIKDAR, S. D. et al. Thermography: A New Diagnostic Tool in Dentistry. Journal of Indian Academy of Oral Medicine and Radiology. v. 22 n. 4 p. 206-210, 2010.

SOUZA, G. A. et al. Reference breast temperature: proposal of an equation. Einstein, v. 13, n. 4, p. 518-24, 2015.

VARGAS, J. V. C.; BRIOSCHI, M. L.; DIAS, F. G.; PAROLIN, M. B.; MULINARI-BRENNER, F. A.; ORDONEZ, J. C. et al. Normalized methodology for medical infrared imaging. Infrared Physics & Technology, v. 52, p. 42-47, 2009.

VILLASENOR-MORA, C; SANCHEZ-MARIN, F.J; GARAY-SEVILLA, M.E. Contrast enhancement of mid and far infrared images of subcutaneous veins. Infrared Physics & Technology, New York, v.51, p.221-228, 2008.

WOŹNIAK, K. et al. Assessment of the Sensitivity, Specificity, and Accuracy of Thermography in Identifying Patients with TMD. Medical Science Monitor: International Medical Journal of Experimental and Clinical Research, v. 21, p. 1485-93, 2015.

Downloads

Publicado

2019-02-08

Como Citar

1.
Amorim AMAM, Barbosa J da S, Freitas APL de F, Viana JEF, Vieira LEM, Suassuna FCM, Bento PM, Melo DP de. Termografia Infravermelha na Odontologia. hu rev [Internet]. 8º de fevereiro de 2019 [citado 30º de setembro de 2022];44(1):15-22. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/13943

Edição

Seção

Artigos de Revisão da Literatura