Sartre e a condição humana: a condenação a uma natureza imposta pela existência

  • Thana Mara de Souza

Resumo

Trata-se de mostrar como, na filosofia sartriana, devemos tensionar a noção de liberdade com a de facticidade, não esquecendo que a situaçaõ não é escolhida por nós. E um dos aspectos dessa situação não escolhida é o Olhar do Outro, que nos fornece uma natureza pessoal. Sem ser uma natureza humana, comum a todos, Sartre coloca, no entanto, que existe uma relação ontológica do Para-outro que nos aliena de nós mesmos, que nos fornece um “eu” que não fundamento e não alcanço – e que será nomeado como “natureza”. Ressignificada, a natureza reaparece, no pensamento sartriano, imposta pela existência.

Palavras-chave: Sartre; existência; natureza.

Publicado
2020-08-05