A IMPORTÂNCIA DA ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NA SALA DE VACINA: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

  • Ana Beatriz Ribeiro Faculdade Pitágoras. Poços de Caldas. MG Brasil. Email: beatrizribeiro40@hotmail.com.
  • Camila Taliene do Prado Melo Enfermagem da Faculdade Pitágoras. Poços de Caldas. MG Brasil.
  • Daiana Rocha Silva Tavares Faculdade Pitágoras, Enfermeira Mestre. Poços de Caldas. MG Brasil.

Resumo

Objetivos: Identificar as falhas no processo de refrigeração dos imunobiológicos, detectar as causas das falhas e as práticas que devem ser adotadas para aumentar a eficácia da conservação. Método: Revisão integrativa. Resultados: 17 estudos condizentes com o tema, publicados entre 2006 e 2016. Discussão: A principal falha apontada pelos estudos é a falta de capacitação dos profissionais atuantes nas salas de vacinação, e a atuação ineficaz do enfermeiro na sala de vacina foi apontada como a principal causa das falhas encontradas. Conclusão: A presença e a atuação expressiva do enfermeiro na sala de vacina foram indicadas como método para diminuir a incidência de falhas, uma vez que, o enfermeiro enquanto profissional de nível superior, é capacitado para atuar na educação permanente da equipe e organizar os processos, evidenciando assim a importância de sua presença no local.

Publicado
2018-10-01
Como Citar
Ribeiro, A. B., Melo, C. T. do P., & Tavares, D. R. S. (2018). A IMPORTÂNCIA DA ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NA SALA DE VACINA: UMA REVISÃO INTEGRATIVA. Revista De Enfermagem Da UFJF, 3(1). https://doi.org/10.34019/2446-5739.2017.v3.3914
Seção
Artigo Revisão