CRIANÇAS COM DIABETES: PERCEPÇÕES MATERNAS

  • Hérica Silva Dutra UFJF
  • Lybia Moratório Fernades Werneck UFJF
  • Ana Lucia Gomes UFJF

Resumo

Objetivo: Estudo qualitativo cujo objetivo foi identificar a percepção de mães em relação à experiência de ter um filho com Diabetes Mellitus. Método: Foram entrevistadas oito mães a partir de um roteiro semiestruturado em uma instituição especializada no atendimento a pacientes diabéticos em uma cidade do interior de Minas Gerais. Resultados: Emergiram quatro categorias temáticas: a descoberta do Diabetes, mudanças nos hábitos de vida, superproteção e fortalecer para cuidar. Discussão: A assistência de enfermagem a crianças com diabetes e suas famílias deve incluir aspectos emocionais e sociais, já que vivenciam limitações diversas e mudanças no estilo de vida. Conclusão: O enfermeiro tem papel essencial no suporte à família da criança com Diabetes
Mellitus a fim de promover aceitação do diagnóstico, superação das dificuldades e adesão ao plano de cuidados.

Biografia do Autor

Hérica Silva Dutra, UFJF
Profa Departamento de Enfermagem Básica da UFJF
Lybia Moratório Fernades Werneck, UFJF
UFJF
Publicado
2016-08-23
Como Citar
Dutra, H. S., Werneck, L. M. F., & Gomes, A. L. (2016). CRIANÇAS COM DIABETES: PERCEPÇÕES MATERNAS. Revista De Enfermagem Da UFJF, 1(2). Recuperado de https://periodicos.ufjf.br/index.php/enfermagem/article/view/3806
Seção
Artigos Originais