O papel do enfermeiro no cuidado paliativo da oncologia: uma revisão integrativa da literatura

Autores

  • Talita Gabriella Pires Faculdade Evangélica de Goianésia
  • Adelmo Martins Rodrigues Faculdade Evangélica de Goianésia-GO

Resumo

Objetivo: Relatar as evidências científicas encontradas na literatura sobre o papel do enfermeiro que atua no cuidado paliativo, com enfoque no paciente oncológico. Métodos: Trata-se de uma revisão integrativa realizada por meio da metodologia PRISMA, usando a pergunta norteadora: Qual o papel do enfermeiro frente aos cuidados paliativos? Resultados: A literatura mostra que o enfermeiro tem papel fundamental nos cuidados paliativos, no auxílio psicológico e humanizado ao paciente e sua família em tempo integral. Considerações finais: É essencial a atuação do enfermeiro no cuidado paliativo oncológico, sendo pontual a identificação de medidas direcionadas a cada caso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adelmo Martins Rodrigues, Faculdade Evangélica de Goianésia-GO

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal do Tocantins (2009) e mestrado em Produção Vegetal pela Universidade Federal do Tocantins (2011). Atualmente é Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Genética e Biologia Molecular pela Universidade Federal de Goiás, Professor Adjunto da Faculdade Evangélica de Goianésia e Colaborador da Universidade de Rio Verde. Tem experiência na área de Genética, com ênfase em Genética e Biologia Molecular, atuando nas áreas de Bioestatística e Habilidades em Pesquisa.

Downloads

Publicado

2021-11-05

Como Citar

Gabriella Pires, T., & Martins Rodrigues, A. (2021). O papel do enfermeiro no cuidado paliativo da oncologia: uma revisão integrativa da literatura. Revista De Enfermagem Da UFJF, 6(1). Recuperado de https://periodicos.ufjf.br/index.php/enfermagem/article/view/32963

Edição

Seção

Artigos de Revisão