Cateter Central de Inserção Periférica coadjuvante no tratamento de Epidermólise Bolhosa: relato de caso clínico

Resumo

Objetivo: Descrever o emprego de Cateter Central de Inserção Periférica como coadjuvante no tratamento de Epidermólise Bolhosa Distrófica no tratamento intra-hospitalar e na desospitalização. Metodologia: Trata-se de um relato de caso. As informações foram obtidas por meio de revisão do prontuário, registro fotográfico do curativo e revisão da literatura. Resultados: O dispositivo foi utilizado para a administração de antibióticos, sedação e transfusão de hemocomponentes. A inserção do cateter foi realizada por uma enfermeira da equipe de terapia intravenosa do Hospital. Após a alta hospitalar o Cateter Central de Inserção Periférica foi usado a nível ambulatorial, para término do tratamento quimioterápico e antibioticoterapia Conclusão: O cateter no tratamento ambulatorial favoreceu a desospitalização precoce, contribuindo para diminuição dos custos com internação hospitalar e redução do risco de infecção relacionada à assistência em saúde. A terapia endovenosa através do Cateter Central de Inserção Periférica favoreceu a humanização do cuidado e melhoria da qualidade da assistência à paciente.

Publicado
2020-11-03
Como Citar
do Campo Silva, T. C., & Muniz Braga, L. (2020). Cateter Central de Inserção Periférica coadjuvante no tratamento de Epidermólise Bolhosa: relato de caso clínico. Revista De Enfermagem Da UFJF, 5(2). https://doi.org/10.34019/2446-5739.2019.v5.31148
Seção
Artigo Relato de caso