Cultura de segurança do paciente em emergências pediátricas

Resumo

Objetivo: avaliar as variáveis percepção geral e nota de segurança do paciente, bem como, frequência e número de eventos comunicados do instrumento Hospital Survey on Patient Safety Culture na perspectiva da equipe de enfermagem em Emergências Pediátricas. Metodologia: Pesquisa quantitativa, tipo survey transversal, amostra intencional, não probabilística, participando do estudo 75 profissionais da equipe de enfermagem. Os dados foram submetidos à análise descritiva e estatística com aplicação do teste Qui-Quadrado. Resultados: Análise da variável de resultado não identificou diferença significativa entre as respostas das categorias profissionais. Na dimensão percepção geral da segurança do paciente os auxiliares em enfermagem atribuíram maior percentual de respostas positivas dentro das categorias profissionais, enquanto os enfermeiros conferiram a maior proporção de respostas negativas. O número de eventos adversos comunicados foi pouco expressivo. Conclusão: A categoria profissional pode interferir na avaliação da cultura de segurança e a cultura de segurança não está completamente instituída nestes serviços.

Publicado
2020-11-06
Como Citar
Rocha Macedo, T., Kuerten Rocha, P., Martinez Julca, C. S., & Possoli, L. (2020). Cultura de segurança do paciente em emergências pediátricas. Revista De Enfermagem Da UFJF, 5(2). https://doi.org/10.34019/2446-5739.2019.v5.30660
Seção
Artigos Originais