Atrás de nós

Moishe Postone e o ensino de teoria social

  • Sergio Ricardo Alves de Oliveira UFRJ
Palavras-chave: ensino, teoria social, Moishe Postone

Resumo

Moishe Postone, que foi Professor Emérito Thomas E. Donnelley de História Moderna e do Centro de Estudos Judaicos da University of Chicago, faleceu em março de 2018 após uma longa batalha contra o câncer. Editor fundador da revista Critical historical studies, tornou-se mais conhecido por sua importante e nova interpretação de Marx em Tempo, trabalho e dominação social[1]. Sua morte é uma grande perda; sentiremos profundamente a ausência de seu espírito e de sua pessoa.

Na primavera de 2015, encontramo-nos com o professor Postone para conversar sobre tudo, menos Marx. Nossa conversa se concentrou em autores lidos no Ciclo Básico de Ciências Sociais (CBCS) que ministrou de 1990 a 2016, o “Indivíduo, Cultura e Sociedade”. O professor Postone constituiu a maior influência formativa no currículo “Indivíduo, Cultura e Sociedade” durante seu período como titular, e advogou intensamente pelos conhecimentos das Humanidades.

Todos os graduandos da University of Chicago devem cursar um ano de CBCS. “Indivíduo, Cultura e Sociedade” (“Indivíduo”) é um dos três ciclos mais populares de CBCS da universidade; os outros – “Clássicos do Pensamento Social e Político” (“Clássicos”) e “Poder, Identidade e Resistência” (“Poder”) serão mencionados abaixo.

 

[1] N. do T.: Ver POSTONE, Moishe. Tempo, trabalho e dominação social: uma reinterpretação da teoria crítica de Marx. São Paulo: Boitempo, 2014.

Referências

FONG, Benjamin Y.; COHAN, Jeremy; POSTONE, Moishe. Behind our backs. (Interview, 14/01/2019) Damage, 2019.
Publicado
2020-05-18
Como Citar
Oliveira, S. R. A. de. (2020). Atrás de nós: Moishe Postone e o ensino de teoria social. CSOnline - REVISTA ELETRÔNICA DE CIÊNCIAS SOCIAIS, (31), 27. Recuperado de https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/29290
Seção
Traduções