Condicionantes da tolerância política no Brasil contemporâneo

  • Vitor de Moraes Peixoto Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro
  • Jessica Matheus de Souza Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro
Palavras-chave: Tolerância Política, Atitudes Democráticas, Opinião Pública

Resumo

Este trabalho objetivou a construção de análises a respeito da percepção da economia pessoal e do país pelo cidadão e os impactos da avaliação dela no conjunto de comportamentos individuais conhecidos por tolerância política. Os dados analisados foram extraídos da base do Latin American Public Opinion Project (LAPOP), 2016. A hipótese central do estudo propunha correspondência entre avaliações egotrópica e sociotrópica da economia e grau de tolerância individual, e a mesma não foi comprovada. Porém, foram encontradas variáveis que exercem significativo impacto na tolerância política: foi negativo o antipetismo, idade, vítimas de crimes e religiosos das classificações evangélico pentecostal e protestante tradicional, ou seja, esses são os grupos mais intolerantes. Em contrapartida, maior escolaridade tende a aumentar o grau de tolerância dos indivíduos.

Biografia do Autor

Vitor de Moraes Peixoto, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (2003), mestrado em Ciência Política (Ciência Política e Sociologia) pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (2004) e doutorado em Ciência Política (Ciência Política e Sociologia) pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (2010). Atualmente é professor associado da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro. Tem experiência na área de Ciência Política, com ênfase em Estudos Eleitorais e Partidos Políticos, atuando principalmente nos seguintes temas: eleições, sistema político, financiamento de campanhas, accountability, representação e competição eleitoral.

Jessica Matheus de Souza, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Cientista social e mestranda em Sociologia Política pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Referências

GIMENES, E. R. Eleitores e partidos políticos na América Latina. Appris Editora, [S. l.], 2017.
INGLEHART, R. A revolução silenciosa na Europa: mudança intergeracional nas sociedades pós-industriais. Revista de Sociologia e Política, [S. l.], v. 20, n. 43, p. 159-191, 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rsocp/v20n43/a08v20n43.pdf. Acesso em: 7 fev. 2019.
LEVITSKY, S; ZIBLATT, D. Como as democracias morrem. Zahar, [S. l.], 2018.
PRZEWORSKI, A; CHEIBUB, J A; LIMONGI, F. Democracia e cultura: uma visão não culturalista. Lua Nova, [S. l.], n. 58, p. 9-35, 2003.
INGLEHART, R,; WELZEL, C.. Modernização, mudança cultural e democracia: a sequência do desenvolvimento humano. Francis, [S. l.], 2009.
RENNÓ, L; TURGEON, M. A Psicologia política das classes sociais no brasil: atributos das atitudes políticas por estratificação e mobilidade social. Dados-Revista de Ciências Sociais, [S. l.], v. 1, n. 59, p. 11-51, 2016.
RIBEIRO, E; BORBA, J. Participação e pós-materialismo na América Latina. Opinião Pública, [S. l.], v. 1, n. 16, p. 28-64, 2010.
RIBEIRO, E; CARREIRÃO, Y; BORBA, J. Sentimentos partidários e atitudes políticas entre os brasileiros. Opinião Pública, [S. l.], v. 2, n. 17, p. 333-368, 2011.
SCANLON, T M. A dificuldade da tolerância. Novos estudos CEBRAP, [S. l.], n. 84, p. 31-45, 2009.
Publicado
2020-01-03
Como Citar
de Moraes Peixoto, V., & Matheus de Souza, J. (2020). Condicionantes da tolerância política no Brasil contemporâneo. CSOnline - REVISTA ELETRÔNICA DE CIÊNCIAS SOCIAIS, (30). https://doi.org/10.34019/1981-2140.2019.27702
Seção
Dossiês