Morte Voluntária entre a juventude Kaiowá

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo uma abordagem introdutória ao tema do suicídio kaiowá. O artigo inicia-se situando historicamente a presença destes no Mato Grosso do Sul, Brasil, e apresentando aspectos fundamentais da vida social deste povo indígena, particularmente no que diz respeito à sua relação com a terra. Em seguida, comenta brevemente um tratamento clássico do suicídio nas Ciências Sociais e um importante estudo sobre suicídio na Etnologia Sul-americana, para passar à consideração das especificidades do suicídio kaiowá. Identificado como prática adotada predominantemente por jovens, o suicídio parece estar ligado a temas chave do parentesco, da construção da pessoa e da sociabilidade, como: a ausência de parentes; a feitiçaria e vingança; a passagem à vida adulta. Por fim, o trabalho chama atenção para a dimensão da “juventude kaiowá” e sua presença política atual, sugerindo uma possível abordagem do suicídio a partir dos próprios discursos/falas juvenis.

Biografia do Autor

Raphael Gouvêa Rompinelli, Universidade Federal de Juiz de Fora
Bacharel em Ciências Humanas e Bacharel em ciências Sociais pela Universidade Federal de Juiz de Fora
Publicado
2019-03-20
Como Citar
Rompinelli, R. G. (2019). Morte Voluntária entre a juventude Kaiowá. CSOnline - REVISTA ELETRÔNICA DE CIÊNCIAS SOCIAIS, (28). https://doi.org/10.34019/1981-2140.2018.17430
Seção
Jornada CSO/UFJF - Graduação