A avaliação da Atenção Primária à Saúde no Amazonas a partir da Agenda 2030 (ONU)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34019/1809-8363.2023.v26.41027

Palavras-chave:

Avaliação em Saúde, Atenção Primária à Saúde, Desenvolvimento Sustentável, Mortalidade Infantil, Amazônia

Resumo

O alto índice de mortalidade infantil no Amazonas nos instigou a avaliar o desempenho da Atenção Primária em Saúde no Amazonas no âmbito da redução de mortalidade, a fim de responder: Onde ocorrem os óbitos infantis no Amazonas? Os óbitos sempre ocorrem nos estabelecimentos de saúde?  Os óbitos infantis que ocorrem fora do estabelecimento de saúde acontecem em municípios remotos? Em quais municípios do Amazonas os casos de óbitos infantis estão em alta e carecem de planejamento de saúde mais urgente? Este estudo visa contribuir com estudos sobre avaliação e ampliar a discussão de políticas públicas que visem à melhoria dos serviços de saúde nesse Estado. Trata-se de um estudo de abordagem quantitativa de caráter exploratório descritivo, os dados foram oriundos do site do Ministério da Saúde, tabulados e importados para o Sistema de Informação Geográfica (SIG), para a espacialização dos dados e a discussão das informações de modo geográfico. Para a interpretação dos dados, foram utilizadas as taxas de óbitos por 1.000 nascidos vivos (altas, médias e baixas), utilizando a base cálculo-taxa da Organização Mundial de Saúde (OMS). Conclui-se a necessidade de planejamento de ações da atenção primária em saúde voltada para a realidade desses territórios.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Larissa Cristina Cardoso dos Anjos, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Graduação em Geografia pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA), mestra em Geografia pela Universidade Federal do Amazonas  (UFAM) e doutoranda em Geografia na Universidade Federal de Uberlândia (UFU).  CV: http://lattes.cnpq.br/0371825848094388

Paulo Cezar Mendes, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Graduado, mestre e doutor em Geografia pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Professor Associado IV da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). CV: http://lattes.cnpq.br/4275774478795316

Fabia Faria da Silva, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Graduada em Pedagogia pela Faculdade Católica de Uberlândia (FCU/PUC-MG), mestra em Educação pela Universidade de Uberaba (Uniube) e doutoranda em Educação pela Universidade de Uberaba (Uniube). CV: http://lattes.cnpq.br/5346486717034417

Carla Denari Giuliani, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Gaduada em Enfermagem e Obstetrícia e mestra em Ciências Fisiológicas pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar ); doutora em História pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Professora Associada I da Universidade Federal de Uberlândia (UFU).  CV: http://lattes.cnpq.br/0924515986721388

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2024-01-17

Como Citar

Anjos, L. C. C. dos ., Mendes, P. C. ., Silva, F. F. da ., & Giuliani, C. D. . (2024). A avaliação da Atenção Primária à Saúde no Amazonas a partir da Agenda 2030 (ONU). Revista De APS, 26. https://doi.org/10.34019/1809-8363.2023.v26.41027

Edição

Seção

Artigos Originais