Grupo de orientações em linguagem infantil: experiência com familiares na Atenção Primária à Saúde

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34019/1809-8363.2023.v26.39171

Palavras-chave:

Linguagem Infantil, Família, Atenção Primária à Saúde, Educação em Saúde, Processos Grupais

Resumo

A família exerce papel crucial no desenvolvimento da linguagem infantil. Entretanto, muitos familiares carecem de conhecimentos voltados a aspectos da linguagem, sendo contundente instruí-los. Este estudo tem como objetivo relatar a experiência da realização de um grupo de orientações em linguagem infantil para familiares de crianças em acompanhamento do Crescimento e Desenvolvimento na Unidade Básica de Saúde Maria das Graças dos Santos, no município de Jucurutu (RN). Trata-se de um relato de experiência constituído pela execução de quatro encontros do grupo operativo intitulado “Crescimento, Desenvolvimento e Fonoaudiologia” (CD e F), a partir da aplicação de estratégias ativas no delineamento de cada etapa. A experiência contou com a participação média de sete familiares, em sua maioria, mães. Os encontros favoreceram a ocorrência de momentos dialógicos satisfatórios, à luz da linguagem infantil e de aspectos correlatos, estimulando a atenção familiar e o acesso a informações substanciais. Os envolvidos consideraram a intervenção grupal positiva, que, por sua vez, deverá ser continuada e expandida no município. A implantação do grupo “CD e F” configura-se como ferramenta potencial de capacitação familiar e alternativa para a prática fonoaudiológica na Atenção Primária à Saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Oliveira da Fonsêca, Prefeitura Municipal de Jucurutu, RN

Mestre em Fonoaudiologia pela, especialização em Saúde da Família e graduado em Fonoaudiologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). É fonoaudiólogo do NASF-AB do município de Jucurutu, RN. CV: http://lattes.cnpq.br/0034069608513586

Isabelle Katherinne Fernandes Costa, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Graduada em Enfermagem e Obstetrícia, mestra e doutora em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), com pós-doutorado em Enfermagem pela Universidade Catolica Santo Antonio de Murcia (UCAM), Espanha e pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Professora Associada da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). CV: http://lattes.cnpq.br/5903265312273525

Robervam de Moura Pedroza, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE)

Graduado em Enfermagem pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), especialista em Gestão de Serviços e Sistemas de Saúde pela Fiocruz e mestre em Saúde da Família pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE). CV:  http://lattes.cnpq.br/9100858477299357

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2024-01-11

Como Citar

Fonsêca, R. O. da ., Costa, I. K. F., & Pedroza, R. de M. (2024). Grupo de orientações em linguagem infantil: experiência com familiares na Atenção Primária à Saúde. Revista De APS, 26. https://doi.org/10.34019/1809-8363.2023.v26.39171

Edição

Seção

Relatos de Experiência