Manejo clínico da doença de Chagas na atenção primária à saúde em área endêmica do estado de Minas Gerais, Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34019/1809-8363.2023.v26.38290

Palavras-chave:

Gerenciamento Clínico, Medicina de Família e Comunidade, Atenção Primária à Saúde, Doença de Chagas

Resumo

Objetivo: Descrever o manejo clínico da Doença de Chagas (DC) por profissionais médicos da Atenção Primária à Saúde (APS) de região endêmica. Metodologia: Estudo transversal entre médicos da APS de 23 municípios. A coleta contemplou questões Demográficas, Formação Acadêmica, Características da APS de Atuação, Práticas e Conhecimento Relativos à DC.  Conduziram-se análises descritivas de todas as variáveis e bivariadas para os blocos de práticas e conhecimento relativos à DC considerando o tempo de conclusão da graduação. Resultados: Foram incluídos 136 médicos. A maioria mencionou conhecer o Protocolo Clínico e Diretriz Terapêutica da DC, mas não prescreveu o benzonidazol e se sente insegura no manejo do paciente. Na análise bivariada, a variável conhecimento sobre a DC adquirido na graduação mostrou-se associada estatisticamente ao tempo de graduação. Conclusão: Importantes obstáculos ainda persistem no manejo médico ao paciente com DC na APS. A partir desse achado espera-se incentivar a qualificação.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antônio Luiz Pinho Ribeiro, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Doutor e graduado em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Professor Titular da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). CV: http://lattes.cnpq.br/8754335906813622

Ester Cerdeira Sabino, Universidade de São Paulo (USP)

Doutora em Imunologia pela Universidade de São Paulo (USP) e graduada em Medicina pela USP. Professora Titular da Universidade de São Paulo (USP). CV: http://lattes.cnpq.br/8590492866942091

Ariela Mota Ferreira, Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes)

Doutora e mestra em Ciências da Saúde pela Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES) e graduada Enfermagem pela Faculdade Pitágoras de Montes Claros (FIPMoc). Professora da Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES). CV: http://lattes.cnpq.br/3704102041305059

Desirée Sant´Ana Haikal, Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes)

Graduada em Odontologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), mestra e doutora em Odontologia em Saúde Coletiva pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Professora da Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES). CV: http://lattes.cnpq.br/8218501399669593

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2023-11-22

Como Citar

Santos, A. C. de J. ., Araújo, I. M. ., Silva, L. C. A. da ., Damasceno, R. F. ., Ribeiro, A. L. P. ., Sabino, E. C. ., Ferreira, A. M. ., & Haikal, D. S. . (2023). Manejo clínico da doença de Chagas na atenção primária à saúde em área endêmica do estado de Minas Gerais, Brasil. Revista De APS, 26. https://doi.org/10.34019/1809-8363.2023.v26.38290

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)