Fatores de risco para alterações no desenvolvimento neuropsicomotor em crianças brasileiras menores de três anos: revisão de escopo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34019/1809-8363.2023.v26.35588

Palavras-chave:

Criança, Assistência Integral à Saúde, Desenvolvimento Infantil, Fatores de Risco

Resumo

A identificação dos possíveis riscos que contribuem para as desordens evolutivas no escopo do desenvolvimento neuropsicomotor (DNPM) da criança é importante para o direcionamento de atividades preventivas e de apoio adequado. Objetivou-se sintetizar os principais fatores de risco para alterações no DNPM em crianças brasileiras menores de três anos.Trata-se de uma revisão de escopo baseada nas recomendações do Instituto Joanna Briggs. Foram realizadas buscas bibliográficas em sete bases de dados, de janeiro de 2010 a janeiro de 2023; foram identificados 6536 artigos:905 foram submetidos à triagem, e 23 atenderam aos critérios de elegibilidade, sendo incluídos nesta revisão. O conjunto desses 23 estudos envolveu 2445 crianças menores de três anos. Os resultados indicam que DNPM está associadoa fatores intrínsecos e extrínsecos relacionados à criança. Nesse sentido, é multifatorial e intimamente ligado a questões biológicas, socioeconômicas e familiares. Os principais fatores associados a atrasos no DNPM de crianças brasileiras foram: a prematuridade; o baixo peso ao nascer; condições socioeconômicas desfavoráveis; baixa idade e escolaridade materna; má nutrição; e condições patológicas. Em suma, conclui-se que o DNPM está associado a fatores intrínsecos e extrínsecos relacionados à criança; é multifatorial; e está intimamente associado a questões biológicas, socioeconômicas e familiares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Beatriz Cristina de  Freitas, Universidade Estadual de Campinas (FOP - UNICAMP)

Graduada em Odontologia pela Universidade de Uberaba (UNIUBE), mestra em Ciências da Saúde pela Universidade de Brasília (UnB) e doutora em Odontologia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), onde cursou pós-doutorado. Professora Associda no Instituto de Pesquisas e Educação Continuada em Economia e Gestão de Empre (PECEGE/USP/ESALQ). CV: http://lattes.cnpq.br/0361200182777099

Mariana de Luca Galdino, Universidade Estadual de Campinas (FOP - UNICAMP)

Graduanda em Odontologia na Universidade Estadual de Campinas (FOP - UNICAMP). CV: http://lattes.cnpq.br/3180419292954353

Kizzy Silva Germano Nascimento de Moraes, Universidade Estadual de Campinas (FOP - UNICAMP)

Graduação em Fonoaudiologia pela Universidade de São Paulo (USP), mestra em Oftalmologia, Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço pela Universidade de São Paulo (USP) e Doutorado em Biologia Buco-Dental pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). CV: http://lattes.cnpq.br/4987531654245281

Dagmar de Paula Queluz, Universidade Estadual de Campinas (FOP - UNICAMP)

Graduada em Odontologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC - Campinas), mestra em Master of Sciences in Public Health, University Of South Carolina (USC), Estados Unidos, e doutora em Clínica Odontológica pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professora Associada na Universidade Estadual de Campinas (FOP - UNICAMP). CV: http://lattes.cnpq.br/5675954404503793

Downloads

Publicado

2024-02-06

Como Citar

Freitas,B.C.de , Galdino, M. de L. ., Moraes, K. S. G. N. de ., & Queluz, D. de P. (2024). Fatores de risco para alterações no desenvolvimento neuropsicomotor em crianças brasileiras menores de três anos: revisão de escopo. Revista De APS, 26. https://doi.org/10.34019/1809-8363.2023.v26.35588

Edição

Seção

Artigos de Revisão

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)