Principais causas de internação de crianças menores de cinco anos no Brasil: uma revisão sistemática

Autores

Palavras-chave:

Hospitalização, Assistência Integral à Saúde, Criança, Morbidade

Resumo

Objetivo: Descrever as principais causas de hospitalizações de crianças menores de 05 anos no Brasil. Métodos: Revisão sistemática realizada em oito bases de dados. Estratégia de busca estruturada em pergunta norteadora. Foram selecionados estudos observacionais, completos, publicados de 2010 até maio de 2021. Resultados: Foram identificados 1512 artigos, 23 foram submetidos a análise, envolvendo 3.648.861 internações. Discussão: A maioria dos estudos foi do tipo Ecológico n = 10(47,62%), Transversais n = 6(23,80%) e estudos descritivos n = 5(19,04%); os demais envolveram 1 Editorial (4,76%) e 1 Caso Controle (4,76%). Quanto ao nível de evidência, 10 estudos (47,62%) foram classificados com o nível de evidência 2c (grau de evidência B), e outros 11(47,62%) apresentaram nível de evidência 4 (grau de evidência C), um estudo (4,76%) apresentou nível 3b (grau de evidência B). As principais causas de hospitalizações de crianças menores de 05 anos no Brasil de 2010 até maio de 2021 foram: doenças respiratórias, seguidas pelas gastroenterites e doenças parasitárias, doenças sensíveis à Atenção Primária à Saúde. Conclusão: Entre as principais causas de hospitalizações de crianças menores de 05 anos no Brasil, 2010 a 2021, predominam as doenças respiratórias, as gastroenterites e doenças parasitárias. O avanço e as melhorias na Atenção Primária à Saúde e do Programa Nacional de Imunização foram relacionados à redução das internações nas regiões brasileiras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Beatriz Cristina de  Freitas, Universidade de São Paulo (USP)

Graduada em Odontologia pela Universidade de Uberaba (UNIUBE), Especialista em Odontologia em Saúde Coletiva e mestra em Ciências da Saúde pela Universidade de Brasília (UNB) e doutora em Odontologia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP/FOP). Professora Associada Instituto de Pesquisa e Educação Continuada em Economia e Gestão de Empresas - MBA/USP/ESALQ. CV: http://lattes.cnpq.br/0361200182777099

Lucas Gonçalves Durão, Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

Graduando na Faculdade de Odontologia de Piracicaba - UNICAMP. CV: http://lattes.cnpq.br/3028726324625794

Dagmar de Paula Queluz, Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

Graduada em Odontologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), especialista em Odontologia do Trabalho e em Odontologia em Saúde Coletiva, mestra em Master of Sciences in Public Health - University Of South Carolina - USA e doutora em Clínica Odontológica pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professora Associada na UNICAMP/Faculdade de Odontologia de Piracicaba. CV: http://lattes.cnpq.br/5675954404503793

Downloads

Publicado

2022-07-25

Edição

Seção

Artigos de Revisão