Estratégia saúde da família rural no Nordeste do Brasil: percepções de profissionais sobre a saúde e ambiente

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34019/1809-8363.2022.v25.34913

Palavras-chave:

Meio Ambiente e Saúde Pública, Estratégia Saúde da Família, Saúde da população rural, Pesquisa qualitativa

Resumo

Objetivo: compreender as percepções de profissionais da Estratégia Saúde da Família (ESF) que atuam em territórios rurais de municípios do Nordeste brasileiro acerca das inter-relações entre a saúde e ambiente no processo saúde-doença-cuidado da população. Método: pesquisa de abordagem qualitativa, em que se realizaram 29 entrevistas de sete categorias profissionais. Adotou-se a análise temática para o processamento e interpretação do material empírico. Resultados: foram discutidas a necessidade de informação acerca de questões ambientais e seu impacto no processo saúde-doença e a consciência ambiental na dimensão do território. Há compreensão do ambiente como determinante de saúde, porém sob uma perspectiva embrionária, além de uma articulação insuficiente entre determinação social e práticas emancipatórias no contexto de saúde e ambiente. Conclusões: ressalta-se a importância de fortalecer as práticas na ESF a partir dos pressupostos explicitados na Política Nacional de Saúde Integral da População de Campo Florestas e Águas. Reforça-se a necessidade de se desenvolver processos formativos, envolvendo a equipe para contribuir na transformação da realidade em saúde da população de campo e das águas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Morgana Pordeus do Nascimento Forte, Universidade de Fortaleza (Unifor)

Médica. Mestra em Saúde da Família pela Fundação Oswaldo Cruz – Ceará. Professora da Universidade de Fortaleza (UNIFOR). CV: http://lattes.cnpq.br/5096142050213039

Vanira Matos Pessoa, Fundação Oswaldo Cruz - FIOCRUZ

Pesquisadora em Saúde Pública da Fiocruz Ceará, doutora em Saúde Coletiva (UFC), mestra em Saúde Pública (UFC) e Especialista em Educação Comunitária em Saúde (ESP/CE ). Docente permanente do Mestrado Profissional em Saúde da Família. CV: http://lattes.cnpq.br/9013874934045331

Carlos André Moura Arruda, Centro Universitário Ateneu – UniATENEU

Pedagogo, doutor em Saúde Pública, coordenador do Núcleo de Pesquisa do Centro Universitário Ateneu – UniATENEU. CV: http://lattes.cnpq.br/9475347288545728

Maria de Fátima Antero Sousa Machado, Fundação Oswaldo Cruz – Ceará

Pesquisadora na área de Saúde Coletiva, Programas de Pós-Graduação em Saúde da Família – PROFSAÚDE e RENASF – Rede de Políticas e Modelos de Atenção - Fundação Oswaldo Cruz – Ceará. CV: http://lattes.cnpq.br/4194885068583094

Maria Idalice Silva Barbosa, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Psicóloga, Doutora em Saúde Coletiva e Mestra em Educação. CV: http://lattes.cnpq.br/3292510434569443

Fernando Ferreira Carneiro, Fundação Oswaldo Cruz - Ceará

Mestre em Saúde Ambiental pelo Instituto Nacional de Salud Pública de México, doutor em Epidemiologia pela Universidade Federal de Minas Gerais  e pós-doutor em Sociologia pelo Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra - Portugal. Pesquisador da Fiocruz. CV: http://lattes.cnpq.br/8414094465792735

Luis Lopes Sombra Neto, Fundação Oswaldo Cruz - Ceará

Médico, Mestre em Saúde da Família pela Fundação Oswaldo Cruz – Ceará. CV: http://lattes.cnpq.br/1524838226310991

Downloads

Publicado

2022-05-06

Como Citar

Forte, M. P. do N. ., Pessoa, V. M., Arruda, C. A. M. ., Machado, M. de F. A. S. ., Barbosa, M. I. S. ., Carneiro, F. F. ., & Sombra Neto, L. L. . (2022). Estratégia saúde da família rural no Nordeste do Brasil: percepções de profissionais sobre a saúde e ambiente . Revista De APS, 25. https://doi.org/10.34019/1809-8363.2022.v25.34913

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)