Uso terapêutico da cannabis em saúde mental

Autores

  • Bruna Hellen Barbosa Mutz Faculdade Brasileira de Cachoeiro (MULTIVIX) https://orcid.org/0000-0003-4452-0668
  • Bianca Souza Modolo Faculdade Brasileira de Cachoeiro (MULTIVIX)
  • Gustavo Vieira Dias Centro Universitário de João Pessoa

Palavras-chave:

Atenção Primária à Saúde, Saúde Mental, Cannabis, Terapêutica

Resumo

A cannabis possui mais de 150 canabinoides. Essas substâncias atuam no Sistema Endocanabinoide, uma rede modulatória complexa, envolvida em quase todos os aspectos fisiológicos dos mamíferos. Tendo em vista que a incidência de transtornos psiquiátricos cresce consideravelmente na atualidade, essa revisão de literatura visa abordar o uso terapêutico da cannabis na saúde mental. Devido à associação de canabinoides com ativação da transmissão monoaminérgica, ativação de receptores 5-HT, ativação de áreas do encéfalo, como córtex pré-frontal e núcleo accumbens, e por promover neurogênese hipocampal, sugere-se que o uso medicinal da cannabis seja eficaz no manejo clínico em saúde mental. Assim, esta revisão de literatura busca analisar produções bibliográficas dos últimos 12 meses sobre o potencial do uso terapêutico da cannabis medicinal em saúde mental. Foi realizado um levantamento bibliográfico na base de dados PUBMED, utilizando as palavras-chave “medical Cannabis” e “mental health”, tendo como critério de inclusão artigos que abordam a cannabis ou seus derivados para terapêutica em saúde mental. Com isso, foram encontrados 260 artigos relacionando cannabis medicinal e saúde mental, dos quais, 13 foram selecionados para esta revisão bibliográfica. Dentre os resultados obtidos, foi observada a utilização da cannabis medicinal, principalmente para tratamento de insônia, anorexia, transtorno de humor, Tourette e transtorno de estresse pós-traumático. Os estudos já demonstram algum nível de evidência para melhorar não só a qualidade do sono e a diminuição de pesadelos, como também o ganho de peso em pacientes com anorexia nervosa, utilizando derivados da cannabis. Em conclusão, a descoberta do Sistema Endocanabinóide alavancou um importante avanço no âmbito de pesquisas sobre a utilização terapêutica da cannabis em diversas disfunções. Entretanto, apesar dos estudos pré-clínicos se mostrarem promissores, apontando para grande potencial de aplicação em Saúde Mental, faz-se necessário construir estudos clínicos randomizados para melhor compreensão da segurança e eficácia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruna Hellen Barbosa Mutz, Faculdade Brasileira de Cachoeiro (MULTIVIX)

Acadêmica do 5º Período de Medicina, com interesse nas áreas de neurociências, saúde mental e saúde coletiva.

Bianca Souza Modolo, Faculdade Brasileira de Cachoeiro (MULTIVIX)

Acadêmica de medicina.

Gustavo Vieira Dias, Centro Universitário de João Pessoa

Professor do curso de Medicina do Centro Universitário de João Pessoa - UNIPÊ.

Downloads

Publicado

2021-06-01

Edição

Seção

Resumos