Receita funcional na Atenção Primária à Saúde: um relato de experiência

Autores

  • Larissa Virginia Lins de Alencar Silva Centro Universitário CESMAC, AL https://orcid.org/0000-0002-9451-6803
  • Carla Santana Mariano Campos Sobral Centro Universitário CESMAC, AL
  • Thalis Braga Batista Centro Universitário CESMAC, AL
  • Wicla Liberato da Silva Centro Universitário CESMAC, AL
  • Maria Deysiane Porto Araújo Centro Universitário CESMAC, AL https://orcid.org/0000-0002-1258-0845

Palavras-chave:

Prescrições, Atenção Primária à Saúde, Relações Médico-Paciente, Autocuidado

Resumo

o sucesso do controle das doenças crônicas não transmissíveis, o qual pode estar relacionado à qualidade da prescrição, à forma de explicação para o paciente ou à compreensão deste para com o que foi prescrito. Dessa forma, os pictogramas (símbolos que ilustram e descrevem a informação), auxiliam na comunicação para a adesão do tratamento e controle das morbidades. O objetivo deste trabalho é relatar a experiência de controle da hipertensão arterial sistêmica (HAS) de um paciente, através da utilização de receitas funcionais. Foi realizado um relato de experiência de uma ação de intervenção realizada por acadêmicos de Medicina junto a uma residente de Medicina de Família e Comunidade, em uma unidade de Saúde da Família, em Maceió-AL. Durante consulta médica, ao avaliar um paciente portador de HAS, notou-se elevados níveis da pressão arterial (PA) registrados no prontuário e nas anotações diárias da pressão arterial dos últimos dois meses, apesar de estarem prescritas doses plenas de anti-hipertensivos. Foi constatado que o paciente fazia uso incorreto das medicações, por não saber ler. Diante da situação, os autores elaboraram uma receita funcional, individualizada, de acordo com o entendimento do paciente, por meio de pictogramas, os quais representavam as refeições e atividades relacionadas aos horários em que as medicações deveriam ser administradas, além da marcação das cartelas de medicamentos com cores iguais às registradas na receita. ​O método foi explicado ao paciente, o qual retornou     após um mês, com níveis normais de PA. Conclui-se que, através da implementação da receita funcional, foram obtidos resultados positivos em curto prazo no controle de uma doença crônica relevante, evidenciando que a compreensão da prescrição repercute na segurança e no sucesso do tratamento, tendo o potencial de reduzir complicações futuras. Além disso, para a residente e para os acadêmicos envolvidos, ao elaborarem e implantarem um método alternativo de prescrição e comunicação com o paciente, houve significativo ganho do ponto de vista do aprendizado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-06-01

Edição

Seção

Resumos