Ações interdisciplinares para a promoção da saúde e qualidade de vida da população em vulnerabilidade social

Autores

Palavras-chave:

Promoção da Saúde, Pessoas em Situação de Rua, Prevenção Primária, Vulnerabilidade Social

Resumo

A partir da composição de um conceito ampliado de saúde, da implementação do Sistema Único de Saúde e da evolução das políticas públicas, a prevenção e a promoção de saúde tomam destaque na educação, no processo de construção e fortalecimento de práticas e hábitos de vida saudáveis. Este trabalho objetiva desenvolver ações para melhora da qualidade de vida, acesso aos serviços de saúde e empoderamento dos indivíduos como atuantes na própria saúde. O público-alvo foi a população em situação de rua e pessoas socioeconomicamente vulneráveis da cidade de Passos-MG, usuárias do Centro de Referência Especializado em População em Situação de Rua (Centro POP), local onde foram realizadas as atividades. A partir de reuniões estabelecidas com o público-alvo e funcionários (assistentes sociais e psicólogos) do Centro POP, foram levantadas as demandas e delineadas as ações do projeto. Iniciaram-se, então, atendimentos individuais com os usuários, seguindo um roteiro de entrevista previamente elaborado. Ao longo das entrevistas, foram dadas orientações de saúde, realizou-se avaliação geral da condição de saúde, exame físico e encaminhamento daqueles que necessitaram ao Consultório na Rua (serviço de atendimento em saúde à população em situação de rua).  De maio a setembro de 2019, foram realizados 54 atendimentos, dos quais 41 (75,92%) eram de pessoas em situação de rua. Do total, 48 (88,88%) alegaram uso abusivo de substâncias químicas; 28 (51,85%) relataram comportamento sexual de risco e 21 (38,88%) apresentaram alterações de saúde que foram encaminhadas ao Consultório na Rua. Percebeu-se a dificuldade de acesso que este grupo enfrenta nos serviços de saúde, além da forma como percebem e lidam com o processo saúde-doença. Constata-se a importância de intervenções educativas propostas pela promoção e prevenção, específicas a cada grupo social, considerando as suas peculiaridades, que sejam elaboradas em ações interdisciplinares e analisadas sob as várias dimensões humanas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Brunna Rocha Gonçalves, Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG)

Graduanda em Medicina.

Mateus Goulart Alves, Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG)

Doutorando em Promoção da Saúde no Programa de Pós Graduação em Promoção da Saúde da Universidade de França/SP. Professor no curso de medicina da Faculdade Atenas – Passos/MG e da Universidade do Estado de Minas Gerais, Unidade Passos. 

Amanda Freire de Assis Riccardi, Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG)

Doutora em Ciências - Programa de Pós-graduação em Genética da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo. Professora no Curso de Medicina da Faculdade Atenas – Passos/MG. 

Jhenifer Cristina da Silva Silva, Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG)

Graduanda em Medicina.

Downloads

Publicado

2021-06-01

Edição

Seção

Resumos