8º Congresso Mineiro de Medicina de Família e Comunidade: expandindo horizontes

Autores

Palavras-chave:

Atenção Primária à Saúde, Congressos, Pandemia, COVID-19, Anais de Congressos

Resumo

A pandemia da COVID-19, para além da incalculável carga de adoecimento e sofrimento, trouxe inúmeros desafios para a Atenção Primária à Saúde (APS) (1–3). Dentre eles, estão as dificuldades e restrições para os eventos científicos. Os congressos presenciais que são de fundamental importância para a qualificação técnica e a manutenção da motivação para o trabalho e onde regularmente profissionais de uma área se encontram e se atualizam, de repente, se tornaram inviáveis. Foi este o cenário desafiador enfrentado pela diretoria da Associação de Medicina de Família e Comunidade (AMMFC) no início do ano de 2020, um ano cheio de incertezas e angústias, somado ao temor da inviabilidade de se executar o 8º Congresso Mineiro de Medicina de Família e Comunidade (8º CMMFC) previsto para aquele ano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Pellizzaro Dias Afonso, Universidade Federal de Minas Gerais, Brasil

Médico de Família e Comunidade. Professor assistente do Departamento de Medicina Preventiva e Social, Faculdade de Medicina, Universidade Federal de Minas Gerais. Mestrado Acadêmico em Saúde Coletiva pela Faculdade de Ciências da Saúde, Universidade de Brasília (2016). Residência médica em Medicina de Família e Comunidade pelo Hospital Municipal Odilon Behrens de Belo Horizonte/MG (2014). Graduação em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais (2009)

Lidiane de Oliveira Vilela, Universidade Vale do Rio Verde de Três Corações

Médica graduada pela Universidade do Vale do Rio Verde, Residência Médica em Medicina de Família e Comunidade pelo Hospital Municipal Odilon Behrens. Atuou em Equipe de Saúde da Família, na gestão da Prefeitura de Belo Horizonte como Referencia Técnica e na Unimed Pleno em BH. Foi Coordenadora e Preceptora do Programa de Residência Medica de Medicina de Família e Comunidade do Hospital Municipal Odilon Behrens e preceptora do PET Saúde GRADUA-SUS pela Universidade de Minas Gerais. É Supervisora do Programa Mais Médicos do Brasil pela Universidade São João Del Rei, Médica do Programa de Atendimento e Internação Domiciliar (PADI) de Varginha e Professora do Curso de Medicina da Universidade José do Rosário Vellano - Unifenas/Alfenas. Mestra em Educação em Saúde pela Unimontes/ PROFSAUDE.

Carla Lopes Teixeira Gomes

Diretora de Marketing da AMMFC e Diretora Científica do 8° CMMFC

Downloads

Publicado

2021-06-01

Edição

Seção

Editorial