O papel da Atenção Primária frente à saúde mental dos idosos em tempos de COVID-19

Autores

Palavras-chave:

Atenção Primária à Saúde, Saúde do Idoso, Saúde Mental, Vírus da SARS

Resumo

Em tempos de pandemia do COVID-19, os idosos são os mais atingidos e com pior prognóstico, por essa razão é fundamental um olhar multidimensional pelos profissionais da saúde. Assim sendo, a saúde mental dos idosos está sendo acometida em virtude de informações falsas, pelo distanciamento social e perda de empregos que geram instabilidades financeiras.  Nessa perspectiva, a Atenção Primária à Saúde (APS), por ter uma equipe multidisciplinar, deve dar assistência integral ao cuidado dos idosos, ampliando as ações de promoção da saúde. Objetivou-se compreender a atuação da APS frente às ações de promoção à saúde mental dos idosos na pandemia do COVID-19. Trata-se de uma revisão de literatura de artigos publicados nos últimos 5 anos nas bases de dados BVS, Lilacs e PubMed, com os descritores do DECS: “Atenção Primária à Saúde”; “Saúde do Idoso”, “Saúde Mental”, “Vírus da SARS”. A população idosa faz parte do grupo de risco para o COVID-19 (Gráfico 1) e o período de distanciamento, presença de informações falsas, perda de empregos gerando instabilidades financeiras, podem  contribuir para alterações psicológicas de ansiedade, medo e tristezas que podem causar doenças psiquiátricas ou até agravar as existentes. Frente a isso, a APS deve observar o ambiente domiciliar, principalmente daqueles que moram sozinhos, e ficar atenta com as instabilidades psíquicas apresentadas pelos mesmos, exercendo orientações de saúde, inseri-los nas atividades de vida diária e lazer, incentivá-los a estabelecerem contatos com amigos e familiares por meios telefônicos e também encorajá-los à religiosidade. Por fim, a APS, por ser a porta de entrada para esses idosos, tem o papel fundamental na proteção, controle e cuidado à saúde mental dos idosos diante da pandemia, devendo identificar e conduzir situações de vulnerabilidade individual ou coletiva e, principalmente, garantir o acesso a cuidados de saúde da população de risco.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriela Benedini Strini Portinari Beja, Centro Universitário Barão de Mauá (CBM)

Ensino Superior Completo. Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo, 2012. Acadêmica de Medicina do Centro Universitário Barão de Mauá-CBM. Ribeirão Preto, São Paulo. 

Emerson dos Santos Duarte Mafia Mafia, Centro Universitário Unifaminas (UNIFAMINAS)

Ensino Superior Completo. Universidade Vale do Rio Doce- UNIVALE, 2006. Acadêmico de Medicina do Centro Universitário UNIFAMINAS. Muriaé, Minas Gerais.

Mariana Moreira Penedo, Universidade de Vassouras (UV);

Ensino Superior Completo. Univiçosa, 2014. Acadêmica de Medicina da Universidade de Vassouras. Vassouras, Rio de Janeiro.

Downloads

Publicado

2021-06-01

Edição

Seção

Resumos