Saúde da criança na atenção primária do estado de São Paulo: a repercussão dos diferentes arranjos organizacionais na qualidade dos serviços

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34019/1809-8363.2021.v24.26353

Palavras-chave:

Saúde da criança, Avaliação de serviços, Atenção primária à saúde, Serviços de saúde

Resumo

OBJETIVO: avaliar a qualidade organizacional da atenção à saúde da criança em serviços de atenção primária do estado de São Paulo, segundo os diferentes arranjos operados. MÉTODO: Pesquisa avaliativa censitária, em 2010. Analisaram-se 73 indicadores agrupados conforme os arranjos operados no estado, utilizando quiquadrado e Z. RESULTADOS: Dos 2.735 respondentes, 2.687 atendem crianças. Unidade Saúde da Família (USF) realiza planejamento e melhor organização da atenção à gestação e saúde da criança, seguido da Unidade Básica de Saúde “tradicional” com Programa de Agente Comunitário e/ou Saúde da Família (UBS/Mista). CONCLUSÃO: a USF e UBS/Mista foram os serviços que mais se aproximaram do modelo de cuidado proposto pela Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança (PNAISC).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patricia Rodrigues Sanine, Universidade Estadual Paulista ( Unesp)

Doutora em Saúde Coletiva (Faculdade de Medicina de Botucatu-UNESP) e pós-doutora
em Saúde Pública - Política, Gestão e Saúde (Faculdade de Saúde Pública – USP). Docente colaboradora e orientadora no curso de Mestrado Profissional em Saúde da Família PROF/SAÚDE (semi-presencial) e docente permanente e orientadora no Mestrado Acadêmico e Doutorado em Saúde Coletiva - UNESP (desde 2016). Professora na Faculdade de Medicina - FMB/UNESP (desde 2014). Consultora técnico-científico da OPAS/MS (desde 2020). Pesquisadora na USP, UNESP, UFMG e Fiocruz. 

Adriano Dias, Universidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Medicina de Botucatu

Doutor em Saúde Coletiva (Faculdade de Ciências Médicas - UNICAMP), Pós-doutor em Saúde e Trabalho (Universidad de Huelva/Espanha) e em Bioestatística - Targeted Machine Learning Equations (Universidade de Sevilla/Espanha). Professor Assistente Doutor do Departamento de Saúde Pública.

Elen Rose Lodeiro Castanheira, Universidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Medicina de Botucatu

Doutora em Medicina - Medicina Preventiva (Universidade de São Paulo – USP). Professora Associada do Departamento de Saúde Pública da Faculdade de Medicina de Botucatu/ UNESP. Docente permanente do Programa de Pós Graduação em Saúde Coletiva da FMB/UNESP e do Mestrado profissional em Saúde da Família/ PROFSAUDE/ FMB UNESP. Líder do Grupo de Pesquisa "QualiAB: avaliação de serviços e tecnologias de atenção básica em sistemas regionalizados de saúde". Coordenadora do Convênio de Cooperação Internacional entre a UNESP e a UNICV (Universidade de Cabo Verde), África. Membro do grupo de pesquisa Population Health, Policies and Services vinculado ao centro de pesquisa GHTM ? Global Health and Tropical Medicine, do Instituto de Higiene e Medicina Tropical da Universidade Nova de Lisboa.

Downloads

Publicado

2021-11-05

Edição

Seção

Artigos Originais