Avaliação qualitativa de um curso de especialização multidisciplinar em Saúde da Família na modalidade a distância

Autores

  • Maria José Sanches Marin Faculdade de Medicina de Marília
  • Suelen Beatriz Alonso Deponti Alves Faculdade de Medicina de Marília.
  • Márcia Aparecida Padovan Otani Faculdade de Medicina de Marília
  • Edinalva Neves Nascimento Secretaria Municipal de Saúde de Marília
  • Silvia Franco da Rocha Tonhom Faculdade de Medicina de Marília
  • Marcos Antonio Girotto Secretaria Municipal de Saúde de Marília
  • Luis Carlos de Paula e Silva Departamento Regional de Saúde de Marília

DOI:

https://doi.org/10.34019/1809-8363.2019.v22.16002

Palavras-chave:

Ensino, Educação à Distância, Saúde da Família, Integralidade.

Resumo

Objetivo: avaliar avanços, dificuldades e desafios do curso multiprofissional em Saúde da Família quanto ao uso da modalidade de Educação a Distância (EAD) e seu alcance no desenvolvimento da integralidade. Método: estudo avaliativo na modalidade qualitativa, a partir de entrevistas com 24 egressos do Curso de Especialização Multiprofissional em Saúde da Família na modalidade de EAD. Foram construídos indicadores de referência daquilo que se propõe a avaliar, tendo como base as opiniões dos egressos. A análise deu-se pela postura metodológica hermenêutica-dialética. Resultados: o curso fornece material bibliográfico adequado às necessidades, possibilita integração entre teoria e prática e o processo tutorial e estimula a autonomia, bem como a troca de experiências. Quanto à integralidade, contribui para melhorar a relação com o usuário; e instrumentaliza para o cuidado individual, coletivo e gestão, com foco na atenção primária e no trabalho interdisciplinar. As dificuldades referem-se ao excesso de material, à falta de tempo para sua leitura e à falta de encontros presenciais mais frequentes para colocar a aprendizagem na prática. Conclusão: o curso caminha entre avanços, dificuldades e desafios, inerentes ao processo de mudanças que, na visão da dialética, ocorre permeado por contradições.

Biografia do Autor

Maria José Sanches Marin, Faculdade de Medicina de Marília

Docente do Curso de Enfermagem da Faculdade de Medicina de Marilia

Suelen Beatriz Alonso Deponti Alves, Faculdade de Medicina de Marília.

Enfermeira e aluna do programa de Mestrado Profissional Ensino na Saúde da Faculdade de Medicina de Marília.

Márcia Aparecida Padovan Otani, Faculdade de Medicina de Marília

Enfermeira, Doutora em Saúde Coletiva e Docente do Curso de Enfermagem da Faculdade de Medicina de Marília

Edinalva Neves Nascimento, Secretaria Municipal de Saúde de Marília

Fonoaudióloga, Supervisora de Projetos da Secretaria de Saúde de Marília-SP, Mestre e Doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Pós Doutoranda em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo (USP

Silvia Franco da Rocha Tonhom, Faculdade de Medicina de Marília

Docente do Curso de Enfermagem e do Programa de Mestrado Profissional "Ensino na Saúde" da Faculdade de Medicina de Marília.

Marcos Antonio Girotto, Secretaria Municipal de Saúde de Marília

Cirurgião-Dentísta, Coordenador do Conselho Municipal de Avaliação em Pesquisa da Secretaria de Saúde de Marília-SP, especialista em e educação em saúde para preceptores dos SUS pelo Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa (ISL/HSL). Mestre e Doutor em Odontologia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

Luis Carlos de Paula e Silva, Departamento Regional de Saúde de Marília

Enfermeiro, Doutor em Saúde Coletiva e Diretor do Departamento Regional de Saúde de Marília - DRS-IX.

Downloads

Publicado

2020-06-23

Edição

Seção

Artigos Originais