Caracterização de usuários com diabetes tipo 2 cadastrados em uma estratégia de saúde da família

  • Franciele Aparecida de Carvalho Silva Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG)
  • Fernanda Andrade Pereira Secretaria Municipal de Saúde de Alfenas
  • Daniele Sirineu Pereira Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL - MG)
  • Silvia Lanziotti Azevedo Silva Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL - MG)
Palavras-chave: Diabetes Mellitus Tipo 2, Qualidade de vida, Índice Tornozelo-Braço, Estratégia de Saúde da Família,

Resumo

Introdução: O Diabetes Mellitus (DM) é um problema de saúde pública relacionado à inúmeras condições adversas.

Objetivo: Caracterizar indivíduos diabéticos tipo II cadastrados em uma Estratégia de Saúde da Família.

Métodos: Estudo observacional de caráter transversal realizado, em visitas domiciliares, através da avaliação dos pés, da qualidade de vida, de variáveis sociodemográficas e clínicas, hábitos de vida e dos cálculos do Índice Tornozelo-Braço (ITB) e Risco Cardiovascular (RCV).

Resultados: Amostra composta por 33 indivíduos com diabetes tipo 2, média etária de 62,94±11,43, a maioria acima do peso e com RCV aumentado. Não houve correlação entre ITB e RCV (p>0,05) e diferença para o valor do ITB em relação ao consumo de cigarros, bebida alcóolica e prática de atividade física (p>0,05).

Conclusão: O acesso aos serviços da Atenção Básica facilita o controle do diabetes na população, mas atividades de promoção de saúde e prevenção secundária devem ser estimuladas.

Publicado
2020-01-24
Seção
Artigos Originais