REFERÊNCIA DE ESQUISTOSSOMOSE ENTRE MORADORES DE VAQUEJADA E PASSAGEM DO ENGENHO NO MUNICÍPIO DE CRISTÓPOLIS ESTADO DA BAHIA.

  • Luciane Cristina Joia Faculdade São Francisco de Barreiras
  • Eleni Maria Dos Santos Novais Universidade do Estado Da Bahia- UNEB, Campus IX – Barreiras-BA
  • Eunice Nunes de Almeida Universidade do Estado Da Bahia- UNEB, Campus IX – Barreiras-BA
  • Manoel Fernandes de Araújo Universidade do Estado Da Bahia- UNEB, Campus IX – Barreiras-BA
  • Maria Helena Carvalho de Andrade Universidade do Estado Da Bahia- UNEB, Campus IX – Barreiras-BA
Palavras-chave: Esquistossomose –Epidemiologia - Prevenção & Controle

Resumo

A esquistossomose mansônica é uma endemia infecciosa, de repercussão mundial, que avança acompanhando os processos migratórios da população e se instala de acordo com as condições epidemiológicas ambientais favoráveis. Considerando a importância médico-sanitária da temática em questão, propusemos realizar um estudo sobre a referência de esquistossomose entre moradores da localidade de Vaquejada e Passagem do Engenho, no município de Cristópolis, BA, tendo como principais objetivos: conhecer as reais condições socioeconômicas e sanitárias das populações referidas, bem como mensurar o seu nível de conhecimento a cerca da patologia; identificar os possíveis fatores de propagação da doença na região como também, verificar a efetividade de medidas de prevenção. Para se atingirem os objetivos propostos no presente estudo, fOsoi aplicado, a um morador de cada domicílio, um questionário de múltipla escolha sobre o conhecimento da esquistossomose entre os moradores,  das medidas preventivas, do tratamento e da transmissão , bem como sobre saneamento básico.Os  resultados apontam que o grau de vulnerabilidade apresentado pela população pesquisada é, sem dúvida alguma, um dos fatores que mais tem contribuído para a manutenção da prevalência da esquistossomose na região, no que se refere às medidas de controle e combate a esta endemia naquela região. Contudo, tais resultados nos levam a considerar que estas duas localidades em Cristópolis, assim como o perímetro dos mananciais que cortam o município, de um modo geral, devem ser mantidas em regime de vigilância epidemiológica no tocante à esquistossomose.

Biografia do Autor

Luciane Cristina Joia, Faculdade São Francisco de Barreiras

Graduada em Fisioterapia, mestre e doutoranda em saúde coletiva com ênfase em epidemiologia pela faculdade de Medicina de Botucatu- UNESP. Professora titular da disciplina de Saúde Pública da Faculdade São Francisco de Barreiras-Barreiras BA

Eleni Maria Dos Santos Novais, Universidade do Estado Da Bahia- UNEB, Campus IX – Barreiras-BA
Departamento em licenciatura em Ciências Biológicas
Eunice Nunes de Almeida, Universidade do Estado Da Bahia- UNEB, Campus IX – Barreiras-BA

Departamento em licenciatura em Ciências Biológicas

Manoel Fernandes de Araújo, Universidade do Estado Da Bahia- UNEB, Campus IX – Barreiras-BA

Departamento em licenciatura em Ciências Biológicas

Maria Helena Carvalho de Andrade, Universidade do Estado Da Bahia- UNEB, Campus IX – Barreiras-BA

Departamento em licenciatura em Ciências Biológicas

Publicado
2010-03-04
Seção
Artigos Originais