PADRÃO DE USO DE ÁLCOOL ENTRE PACIENTES DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE: ESTUDO COMPARATIVO.

  • Telmo Mota Ronzani

Resumo

O uso de álcool tem se tornado um problema de saúde pública, tendo em vista o impacto causado pelo consumo excessivo antes mesmo da instalação da dependência. Objetivos: comparar o padrão de uso de álcool de usuários de Atenção Primária à Saúde (APS) dos municípios de Juiz de Fora e Rio Pomba, Minas Gerais. Metodologia: participaram 855 usuários de APS dos municípios de Juiz de Fora (371) e Rio Pomba (484). Foi utilizado o Alcohol Use Disorder Identification Test (AUDIT) para avaliação do uso de álcool. Resultados: Apesar de um padrão de uso mais pesado entre os participantes de Juiz de Fora, não houve diferenças estatisticamente significativas na comparação do padrão do uso de álcool entre os usuários dos municípios. Apesar disso, observou-se um número significativo de usuários de risco (17,8%) e de uso do tipo Binge (14,4%). Considerações Finais: Os dados do estudo sugerem a necessidade de efetivação de estratégias de prevenção ao uso de risco de álcool na APS.
Publicado
2008-08-18
Seção
Artigos Originais