O Banquete totêmico e a eucaristia católica

um paralelo entre os rituais pós morte do pai primevo e o sacrifício de cristo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34019/2237-6151.2023.v20.39747

Palavras-chave:

Psicanalise, Religião, Eucaristia, Cristianismo, Cultura

Resumo

A morte do chamado “pai primevo” por sua própria prole é a alegoria central da obra “Totem e Tabu”, publicada em 1913 por Freud.  Nesta obra, tem-se a tese da figura paterna que simbolicamente é destruída brutalmente por seu próprio clã, algo que reverbera fortemente nos aspectos religiosos. Com base nisso, este estudo tem por objetivo discutir sobre as relações que Freud trouxe sobre os rituais religiosos e os povo primitivos, especificamente sobre a eucaristia católica, que é um ritual simbólico em que os fiéis comungam “o corpo e o sangue de Jesus Cristo”, e expiam suas culpas e erros, pedindo redenção por sua morte que, segundo a tradição católica, foi crucificado pelos Judeus. Diante disso, esse ato pode ser visto como um simulacro fiel do parricídio e o prosseguinte “banquete totêmico”, descritos na mencionada obra freudiana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Roberto Monteiro, Universidade Estadual Paulista

Psicólogo, graduado pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), mestrando de Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista (UNESP - Araraquara), pós - graduando (latu senso) em Psicologia Social pela Universidade de Araraquara (UNIARA). Especialista em Sociologia pela Universidade Municiapal de São Caetano do Sul (USCS) e especialista na área de Educação pela Faculdade de Educação São Luís (FESL).

 

Ione Marques, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Psicóloga, graduada pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM).

Referências

BÍBLIA. Bíblia sagrada. Tradução de Ivo Storniolo e Euclides Martins Balancin. São Paulo: Paulus, 1991.

FREUD, Sigmund. Totem e Tabu (3ª ed., Souza, P. C, Trad.) Penguin & Companhia das Letras, 2016. (Trabalho original publicado em 1913).

LIMA, Alan Souza; SOUZA, Maurício Rodrigues. O pai da horda e o supereu: de um prenúncio da instância. Psicologia USP, v. 27, n.3, p.420-428, 2016.

MACIEL, Karla Daniele de Sá Araújo; ROCHA, Zeferino de Jesus Barbosa. Dois discursos de Freud sobre a religião. Revistal Mal – Estar e Subjetividade, v. 8, n. 3, p.729-754, 2008.

MARANHÃO, Bernardo Costa Couto de A. O Poderoso Chefão Ou da paternidade como fundamento da lei em “Totem e tabu”, de Freud. Reverso, v. 52, n. 37, p.37-42, 2005.

MIRANDA, Claudio. Freud e o retorno do sagrado : a sobrevivência e reconfiguração do religioso na contemporaneidade. 113 f. Dissertação (Mestrado em Teologia), Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.

NAMBA, Janaina. A proibição do incesto em Lévi-Strauss e Freud: algumas aproximações. Revista De Antropologia, v. 61 n. 1, p.176-190, 2018.

PONTES, Andrea Mello. O Tabu do Incesto e os olhares de Freud e Levi-Strauss. Trilhas,v. 4, n.1, p.7-14, 2004.

VATICANO. Catecismo da Igreja Católica. (n.d). Disponível em: https://www.vatican.va/archive/cathechism_po/index_new/prima-pagina-cic_po.html. Acesso em: 09 out. 2022.

VELIQ, Fabiano. O totem e o desamparo: duas chaves de leitura para a religião no pensamento freudiano. Analytica, v.10, n.6, p.28-45, 2017. Recuperado em 19/11/2021 de <http://pepsic.bvsalud.org/pdf/analytica/v6n10/04.pdf>. Acesso em: 09 out. 2022.

Downloads

Publicado

2023-08-18

Como Citar

MONTEIRO, M. R.; MARQUES DE LIMA, I. O Banquete totêmico e a eucaristia católica: um paralelo entre os rituais pós morte do pai primevo e o sacrifício de cristo. Sacrilegens , [S. l.], v. 20, n. 1, 2023. DOI: 10.34019/2237-6151.2023.v20.39747. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/sacrilegens/article/view/39747. Acesso em: 18 jun. 2024.