O catolicismo juiz-forano impresso nas páginas d’O Lampadário

Autores

  • Rosiléa Archanjo de Almeida Universidade Federal de Juiz de Fora

DOI:

https://doi.org/10.34019/2237-6151.2022.v19.37781

Palavras-chave:

O Lampadário; Igreja Católica; discurso.

Resumo

O artigo observa o discurso da Igreja Católica de Juiz de Fora, presente no impresso católico O Lampadário. Nos baseamos em fontes bibliográficas e da internet, examinando as cem primeiras edições do jornal, dentro do recorte temporal de 1926 a 1928. Questionamos quais eram os principais discursos da Igreja, em relação à própria instituição e suas questões, às outras denominações religiosas, aos desafios modernos e assuntos relacionados à moral e sociedade. Desde a Pastoral Coletiva de 1890, a imprensa foi um dos organismos importantes para a Igreja Católica, evidenciando a urgência de criação e difusão de órgãos confessionais, denominados de Boa Imprensa, no qual era ligado O Lampadário, corroborando com os objetivos deste órgão.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ÁLBUM Juiz de Fora em 2 Tempos. Juiz de Fora, Esdeva Empresa Gráfica, 1996.

ARQUIDOCESE de Juiz de Fora. Juiz de Fora: nossa História é de fé, nossa igreja tem arte. Dos Primórdios ao Jubileu áureo da Arquidiocese. Juiz de Fora, 2011.

AZEVEDO, Henrique Oswaldo Fraga de. Evolução do Catolicismo em Juiz de Fora. Juiz de Fora, Revista Rhema, 1997, n 10, vol. p. 109.

AZZI, Riolando. A neocristandade: um projeto restaurador. São Paulo: Paulus, 1994.

BARBOSA, Yuri Amaral. O processo urbano de Juiz de Fora – MG: Aspectos econômicos e espaciais do Caminho Novo ao ocaso industrial. Juiz de Fora, 2013. 135p. Monografia (Graduação Geografia) – Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora: UFJF, 2013.

BELTRÃO, Luiz. Jornalismo opinativo. Porto Alegre: Sulina, 1980.

BEOZZO, José Oscar. Irmandades, santuários, capelinhas de beira de estrada. REB, v. 37, n° 148, 1977.

______. Pe. Júlio Maria. In: História da Teologia na América Latina. São Paulo, Ed. Paulinas, 1981, p. 118.

BOTTI, Carlos Alberto Hargreaves. Companhia Mineira de Eletricidade. Juiz de Fora: UFJF, 1944.

CASTRO, Giane de Souza. A cruz e o compasso: o conflito entre Igreja Católica e Maçonaria no contexto da Reforma Católica Ultramontana em Juiz de Fora. Dissertação de mestrado – Programa de Pós-Graduação em Ciência da Religião – Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Juiz de Fora (MG), 2008, 158 p.

COSTA, Mônica Euzébio da. Os jornais católicos e suas representações: um estudo sobre gênero, divórcio e família em Juiz de Fora/MG (1930-1945). Dissertação para aprovação de mestrado. Faculdade de História, Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2018.

COUTO, Rita. Santana: Uma capela tirolesa na colônia alemã de Juiz de Fora. Juiz de Fora: Edição do Autor, 2016.

CROCE, Marcus Antônio. O Encilhamento e a economia de Juiz de Fora: O Balanço de uma Conjuntura 1888/1898. Heera Revista de Economia Aplicada & Economia Regional Aplicada, v. 3, p. 1-31, 2007.

ESTEVES, Albino. Álbum do Município de Juiz de Fora. Belo Horizonte, Imprensa Oficial do Estado de Minas, 1915.

GIROLETTI, Domingos. Industrialização de Juiz de Fora: 1850/1930. Juiz de Fora: EDUJF, 1988.

KAPPEL, Oscar. Comunidade Evangélica de Confissão Luterana em Juiz de Fora 140 anos de história. Juiz de Fora: Editar Editora Associada, 2002.

LESSA, Jair. Juiz de Fora e seus pioneiros (Do Caminho Novo à proclamação). Ed. Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 1985.

LINS, Flávio; BRANDÃO, Cristina. Cariocas do Brejo entrando no ar: o rádio e a televisão na construção da identidade juiz-forana (1940-1960). Juiz de Fora, p. UFJF, 2012.

LUSTOSA, Oscar de Figueiredo. Os bispos do Brasil e a imprensa. São Paulo, p. Edições Loyola/CEPEHIB, 1983.

MOREIRA, Arthur. Carnaval em Juiz de Fora: Identidade Comunitária ou produto da indústria cultural? São Bernardo do Campo, 2008. Disponível em: < http: //ibict.metodista.br/tedeSimplificado/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1837>Acesso em: 30 Mar. 2012.

MUSSE, Christina Ferraz. Imprensa, cultura e imaginário urbano: exercício de memória sobre os anos 60-70 em Juiz de Fora. São Paulo: Nankin; Juiz de Fora: Funalfa, 2008.

NEVEU, Érik. Sociologia do jornalismo. São Paulo: Edições Loyola, 2006.

OLIVEIRA, P. História de Juiz de Fora. 2.ed. Juiz de Fora: Gráfica Comércio e Industria Ltda, 1966.

OLIVEIRA, Simone G. de. O Espiritismo em Juiz de Fora: do surgimento à consolidação de uma “religião”. In: TAVARES, Fátima R. Gomes; CAMURÇA, Marcelo Ayres (Org). Minas das devoções: diversidade religiosa em Juiz de Fora. Juiz de Fora: UFJF/PPCIR, 2003, p. 137-156.

O Lampadário, Ano I, 01 de março de 1926.

______. Ano I, 11 de abril de 1926.

______. Ano I, 25 de maio de 1926.

______. Ano I, 06 de junho de 1926.

O Pharol, ANO XVI, 30 de novembro de 1882.

PAIVA, Alessandra Viana de. Espiritismo e cultura letrada: valorização da doutrina Kardecista. Dissertação de mestrado – Programa de Pós-Graduação em Ciência da Religião – Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Juiz de Fora (MG), 2009, 100 p.

PEREIRA, Mabel Salgado. Romanização e reforma católica ultramontana da igreja de Juiz de Fora: projeto e limites (1890-1924). Disponível em: . Acesso em 10 Out. 2018.

RESOLUÇÕES aprovadas nas Conferencias Episcopaes da província Ecclesiastica de Mariana – Realizadas em Juiz de Fora, de 19 a 25 de abril de 1923. J. Ladeira, Campinas: TYP. Casa Mascotte, 1923, p. 7.

RIBAS, Ana Paula. “A Boa Imprensa” e a “Sagrada Família”: sexualidade, casamento e moral nos discursos da Igreja católica em Florianópolis – 1929/1959. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Estadual de Santa Catarina, Florianópolis: UESC, 2009.

SILVA, Maíra Carvalho Carneiro. Lugar de trabalhador é na área de serviço. Moradia popular em Juiz de Fora (1892-1930). Disponível em: . Acesso em, p. 13 Set. 2015.

Downloads

Publicado

2023-01-10

Como Citar

ARCHANJO DE ALMEIDA, R. O catolicismo juiz-forano impresso nas páginas d’O Lampadário. Sacrilegens , [S. l.], v. 19, n. 2, 2023. DOI: 10.34019/2237-6151.2022.v19.37781. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/sacrilegens/article/view/37781. Acesso em: 27 jan. 2023.