PLANTINGA, Alvin. Ciência, religião e naturalismo: onde está o conflito?. São Paulo: Vida Nova, 2018.

Autores

  • Paulo Victor Cota de Oliveira Franco Universidade Federal de Juiz de Fora

DOI:

https://doi.org/10.34019/2237-6151.2021.v18.36039

Palavras-chave:

Ciência, Religião, Naturalismo, conflito

Resumo

O trabalho de Alvim Plantinga aqui apresentado se debruça sobre uma temática que por longo tempo é campo de grande debate: as relações entre Ciência e Religião, mais espeficamente  cristã. Mais do que isso, o autor desenvolve em sua abordagem argumentos para demonstrar que a Ciência tem mais proximidades com a Religião do que com o Naturalismo. Seus caminhos perpassam críticas à reconhecidos naturalistas como também a uma análise mais atenta de teorias das ciências naturais, teorias evolucionistas e estudos científicos das Escrituras que corroboram para pensarmos melhor as questões de conflito entre Ciência e Religião. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

PLANTINGA, Alvin. Ciência, religião e naturalismo: onde está o conflito?. São Paulo: Vida Nova, 2018.

Downloads

Publicado

2022-01-30

Como Citar

COTA DE OLIVEIRA FRANCO, P. V. PLANTINGA, Alvin. Ciência, religião e naturalismo: onde está o conflito?. São Paulo: Vida Nova, 2018. Sacrilegens , [S. l.], v. 18, n. 2, p. p. 378–381, 2022. DOI: 10.34019/2237-6151.2021.v18.36039. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/sacrilegens/article/view/36039. Acesso em: 5 jul. 2022.