Subversão religiosa e de gênero nas histórias em quadrinhos

Apresentando Lord Fanny

  • Felipe Cazelli Faculdade Unida de Vitória
Palavras-chave: Teoria queer; estudos de gênero; religião; histórias em quadrinhos; subversão.

Resumo

O presente artigo visa analisar, desde a perspectiva dos Estudos de Gênero e de Religião, a personagem Lord Fanny, da história em quadrinhos “Os Invisíveis”, do escritor escocês Grant Morrison, publicada pela DC Comics. Lord Fanny é uma mulher transexual brasileira, de ascendência mexicana, bruxa de uma tradição matrilinear asteca, membra de um grupo anarquista de combatentes em favor da liberdade. Ela constitui, assim, enquanto elemento midiático, um símbolo da subversão, tanto das normas de gênero, que são heteronormativas, quanto dos discursos religiosos hegemônicos em nossa sociedade, estruturados sobre a visão do patriarcado.

Referências

BALUTET, Nicolas. La puesta em escena del miedo a la mujer fálica durante las fiestas astecas. Contribuciones desde Coatepec [online]. n 16, enero-junio/2009, pp. 49-76. Universidad Autónoma del Estado de México, Toluca, México. Disponível em: https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=28112196003. Acesso em 22 de maio 2020.

BENTO, Berenice. O que é transexualidade. São Paulo: Brasiliense, 2008.

BENTO, Berenice. A reinvenção do corpo: sexualidade e gênero na experiência transexual. 3 ed. Salvador: Devires, 2017.

BUTLER, Judith. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. 17 ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2019.

FEDERICI, Silvia. Mulheres e a caça às bruxas. São Paulo: Boitempo, 2019.

IZQUIERDO, Juan José C. Tlazolteotl: una divindade del panteón azteca. Revista Española de Antropología Americana. Ed. Universidad Compl. Madrid, España, n 22, 1992, pp. 123-138. Disponível em: https://revistas.ucm.es/index.php/REAA/article/download/REAA9292110123A/24464/. Acesso em 24 Mai. 2020.

LOURO, Guacira Lopes. Um corpo estranho: ensaios sobre sexualidade e teoria queer. Belo Horizonte: Autêntica, 2004.

MAGALHÃES, Henrique Paiva de; E CRUZ, Dandara Palankof. Lord Fanny, representação queer e um boneco vodu para o mundo. Revista Fronteiras – estudos midiáticos. São Leopoldo, RS, v. 20, n. 1, jan./abr. 2018, pp. 100-114. Disponível em: http://revistas.unisinos.br/index.php/fronteiras/article/view/fem.2018.201.09. Acesso em 19 Mai. 2020.

MEANEY, Patrick. Our sentence is up: seeing Grant Morrison’s The Invisibles [kindle edition]. Edwardsville, Illinois: Sequart Research & Literacy Organization, 2012.

MORRISON, Grant; THOMPSON, Jill. Sheman, part one: Venus as a boy. The Invisibles. v. 1, n. 13. Nova York: DC Comics, 1995a.

MORRISON, Grant; THOMPSON, Jill. Sheman, part two: day of nine dogs. The Invisibles. v. 1, n. 14. Nova York: DC Comics, 1995b.

MORRISON, Grant; THOMPSON, Jill. Sheman, part three: Apocalipstick. The Invisibles. v. 1, n. 15. Nova York: DC Comics, 1995c.

MORRISON, Grant. Superdeuses: mutantes, alienígenas, vigilantes, justiceiros mascarados e o significado de ser humano na era dos super-heróis. São Paulo: Seoman, 2012.

NEIGHLY, Patrick; COWE-SPIGAI, Kereth. Anarchy for the masses: the disinformation guide to The Invisibles. New York: The Disinformation Company, 2003.

NOGUEIRA, Conceição. Interseccionalidade e psicologia feminista. Salvador: Devires, 2017.

OLIVEIRA, João Manuel de. Desobediências de gênero. Salvador: Devires, 2017.

VALDIVIA, Karen A. A. Sahagún e as festas agrícolas mexica: em busca de um sentido. Dissertação (Mestrado em Ciências da Religião) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), São Paulo, 2008. Disponível em: https://tede2.pucsp.br/bitstream/handle/2088/1/Karen%20Alejandra%20Arriagada%20Valdivia.pdf. Acesso em 24 Mai. 2020.
Publicado
2020-07-31
Como Citar
CAZELLI, F. Subversão religiosa e de gênero nas histórias em quadrinhos: Apresentando Lord Fanny. Sacrilegens , v. 17, n. 1, p. 68-90, 31 jul. 2020.