A Lavagem da Purificação-BA: Cenas, Sensibilidades e a Religiosidade Popular

  • Rafaela Santos dos Reis
  • Elder Pereira Ribeiro
Palavras-chave: Religiosidades populares, Lavagem da purificação, Santo Amaro

Resumo

O principal objetivo desse artigo é levar a uma compreensão de como as religiosidades populares representam vínculos a lugares, eventos, símbolos e histórias individuais e coletivas na Lavagem da Purificação, em Santo Amaro, no Recôncavo da Bahia. Nessa perspectiva, o artigo aborda o tema a partir de um olhar etnográfico durante a Lavagem da Purificação no ano de 2015. A partir desse viés, interessou-nos entender como se tencionam ou dialogam as manifestações culturais e religiosas na festa em questão.

Referências

CAVALCANTI, M.L.V.C. As grandes festas. In: SOUZA, M. de e WEFFORT, F. (orgs.). Um Olhar sobre a cultura brasileira. Rio de Janeiro: Funarte/Ministério da Cultura, p. 293-31, 1988.
DURKHEIM, Èmile. As formas elementares da vida religiosa, Martins Fontes, São Paulo, 1996.
EAGLETON, Terry. A idéia de cultura. São Paulo: Editora UNESP, 2005.
HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. 8 ed. Tradução Tomaz Tadeu da Silva e Guacira Lopes Louro. Rio de Janeiro: DP&A, 2006.
GOLDMAN, Márcio. “Alteridade e experiência: antropologia e teoria etnográfica”. Etnográfica, Vol. X (1) 2006, pp.161-173.
MBEMBE, Achille. “As formas africanas de auto-inscrição”. Estudos Afro-Asiáticos, Ano 23, nº 1, 2001, pp. 171-209.
RIBEIRO, E. P.; PEREIRA, I.V.S. “Experiência-Ewé”. Revista Eletrônica Acadêmica - IPSIS LIBANIS: ICBL, Vol.5, p. 1-14, 2018.
SANTOS, B. S.; MENESES, M. P. (Org.). Epistemologias do Sul. São Paulo: Cortez, 2010. 637 p
Publicado
2019-10-22
Como Citar
SANTOS DOS REIS, R.; PEREIRA RIBEIRO, E. A Lavagem da Purificação-BA: Cenas, Sensibilidades e a Religiosidade Popular. Sacrilegens , v. 16, n. 1, p. 212-221, 22 out. 2019.