O modelo “ideal” de mulher ditado pela Igreja Católica em nossa sociedade e sua complexidade: a busca por outro tipo de religiosidade, Juiz de Fora 1922-1931

  • Mônica Euzébio da Costa
Palavras-chave: Religiosidade, Igreja Católica, Mulheres

Resumo

No presente artigo teremos por finalidade, fazer um breve estudo sobre a construção social do papel das mulheres em nossa sociedade, a partir da análise de dois tipos de fonte. A primeira será um jornal produzido pela Igreja Católica na cidade de Juiz de Fora, chamado O Lampadario, nesse periódico a partir de dois artigos retirados do mesmo iremos observar como essa instituição religiosa traçou o perfil “ideal” de mulher, e como ela lidou com a questão da separação de casais em nossa sociedade. Já a segunda fonte a ser estudada concerne em dois bilhetes endereçados a um curandeiro por duas mulheres, que queriam ter relacionamentos com outros homens. Desse modo, o objetivo do referido trabalho é fazer um paralelo de análise entre essas duas fontes.

Referências

AZZI, Riolando; GRIPJ, Klaus van der. História da Igreja no Brasil: ensaio de interpretação a partir do povo: tomo II/ 3-2: terceira época: 1930-1964. Petrópolis/RJ: Vozes, 2008.
____________.Família, mulher e sexualidade na Igreja do Brasil (1930-1964). In: MARCÍLIO, Maria Luiza (org.). Família, Mulher, Sexualidade e Igreja na História do Brasil. São Paulo: Edições Loyola, 1993.p.101-134.
BOURDIEU, Pierre. A dominação masculina. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2014.
BUSIN, Valéria Melki. Religião, sexualidade e gênero. Rever .Ano 11 .No 01 .Jan/Jun 2011. p.106-124.
DIAS, Jaqueline Cristina. Feiços e feiticeiros: repressão às tradições religiosas afro-brasileiras na Juiz de Fora do primeiro código penal republicano (1890-1942). Dissertação de mestrado. Juiz de Fora: UFJF,2006.
MARCUSI, Alexandre. Cativeiro e cura: experiências religiosas da escravidão atlântica nos calundus de Luzia Pinta (séculos XVII e XVIII). Tese de doutorado em História. São Paulo: USP, 2015.
RAGO, Margareth. Trabalho feminino e sexualidade. In: PRIORE, Mary Del (org.). História das mulheres no Brasil. São Paulo: Contexto, 2009.p. 578-606.
SILVA, Marlise Vinagre. Gênero e religião: o exercício do poder feminino na tradição étnico – religiosa ioruba no Brasil. Revista de psicologia da UNESP. 9 (2), 2010.p.128-137.
SOIHET, Rachel. Mulheres pobres e violência no Brasil urbano. In: PRIORE, Mary Del (org.). História das mulheres no Brasil. São Paulo: Contexto, 2009.p. 362- 400.
Publicado
2019-10-07
Como Citar
DA COSTA, M. E. O modelo “ideal” de mulher ditado pela Igreja Católica em nossa sociedade e sua complexidade: a busca por outro tipo de religiosidade, Juiz de Fora 1922-1931. Sacrilegens , v. 16, n. 1, p. 104-118, 7 out. 2019.