(Neo) Paganismo, Cultura Pop e Mídia

  • Susan Sanae Tsugami
Palavras-chave: (Neo)Paganismo, Bruxaria moderna, Cultura pop, Mídia, Esteriótipos

Resumo

Práticas de magia e bruxaria são temas que despertam tanto curiosidade, quanto estranhamento em grande parte da população brasileira. Quando assuntos como bruxaria e paganismo são retratados em filmes, livros e séries de televisão, observa-se que há certa mobilização e inspiração para muitos adeptos do movimento (neo) Pagão. No entanto, os meios de comunicação e entretenimento possuem papel social relevante, uma vez que produzem subjetividade na população. Nesse sentido, a cultura pop pode ser compreendida de forma ambígua, já que, quando assuntos abordados são referentes a essas temáticas, possuem papel tanto de popularizar o conhecimento comum em relação a temáticas específicas, a exemplo, religiões pagãs, magias e bruxaria, como também podem reafirmar um imaginário que foi construído historicamente e, assim, acabam por reproduzir “verdades” equivocadas e estereotipadas.

Referências

HOFFMAN, Alice. Practical Magic. Estados Unidos: BerkleyPublishingGroup, 1995.
ROWLING, Joanne. Harry Potter and the Philosopher’s Stone. ReinoUnido: Bloomsbury, 1997.
TOLKIEN, John Ronald Reuel. The Lord of the Rings. Reino Unido: Allen &Unwin,1954.
BELLOTTI, Karina Kosicki. História das religiões: conceitos e debates na era contemporânea. História: Questões& Debates, v. 2, n. 55, 2011, p.13-42.
BERGER, Helen A. A community of witches: Contemporary neo-paganism and witchcraft in the United States. Columbia: Universityof South Carolina Press, 1999.
BIROLI, Flávia. Mídia, tipificação e exercícios de poder: a reprodução dos estereótipos no discurso jornalístico. Revista Brasileira de Ciência Política, n. 6, 2011, p. 71-98.
CARDINI, Franco. Magia e bruxaria na Idade Média e no Renascimento. Psicologia USP, v. 7, n. 1-2, 1996, p.9-16.
DAVIDSEN, Markus Altena. What is Wrong with Pagan Studies?.Method & theory in the study of religion, v. 24, n. 2, 2012, p. 183-199.
DAVY, Barbara Jane. Introduction to Pagan Studies. Lanham: AltaMira Press, 2006.
GINZBURG, Carlo. História noturna: decifrando o sabá. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.
HJARVARD, Stig. The mediatisation of religion: Theorising religion, media and social change. Culture and Religion, v. 12, n. 02, 2011, p. 119-135.
HUTTON, Ronald. Modern Pagan festivals: A study in the nature of tradition. Folklore, v.119, n. 3, 2008, p. 251-273.
LANGER, JohnniJól. In: LANGER, Johnni (org.).Dicionário de Mitologia Nórdica, São Paulo: Hedra, 2015.
LANGER, Johnni. Fé, exotismo e macabro: algumas considerações sobre a religião nórdica antiga no cinema. Revista Ciências da Religião-História e Sociedade, v. 13, n. 2, 2016, p. 156-179.
LANGER, Johnni. Metodologia para análise de estereótipos em filmes históricos. Revista História Hoje. São Paulo, v.2, n 5, 2004, p. 1-13.
MITCHELL, Stephen. Witchcraft and Magic in the Nordic Middle Ages. Pennsylvania: UniversityofPennsylvania Press, 2011.
NOGUEIRA, Carlos. Bruxaria e história: as práticas mágicas no ocidente cristão. São Paulo: EDUSC, 2004.
PIKE, Sarah M. Earthly bodies, magical selves: Contemporary pagans and the search for community.California:UnivofCalifornia Press, 2001.
PRITCHARD-EVANS, Eward.Bruxaria, Oráculos e Magia entre os Azande. Rio de Janeiro: Zahar, 2005.
RUSSEL, Jeffrey; ALEXANDER, Brooks. História da bruxaria. São Paulo: Aleph, 2008.
SAUDERS, Robert. Religião em Vikings.Notícias Asgardianas, n. 10, 2015,p. 9-14.
SCHNURBEIN, Stefanie von. Norse revival: Transformation of germanic Neopaganism.Boston: Brill, 2017.
STRMISKA, Michael. Modern Paganism in world cultures: comparative perspectives. In: STRMISKA, Michael (eds). Modern Paganism in world cultures: comparative perspectives. United StatesofAmerica: Abc-clio, 2005, p. 1-53.
THOMAS, Keith. Religião e o declínio da magia. São Paulo: Companhia das Letras, 1991.
WHITE, Ethan Doyle. Theoretical, Terminological, and Taxonomic Trouble in the Academic Study of Contemporary Paganism: A Case for Reform. Pomegranate, v. 18, n. 1, 2016, p. 31-59.
YORK, Michael. Pagan theology: Paganism as a world religion. United States of America: NYU Press, 2003.
Publicado
2019-10-07
Como Citar
TSUGAMI, S. S. (Neo) Paganismo, Cultura Pop e Mídia. Sacrilegens , v. 16, n. 1, p. 06-24, 7 out. 2019.