Cristãos sem igreja: um olhar a partir da contemporaneidade

Autores

  • Rebecca Ferreira Lobo Andrade Maciel

Palavras-chave:

Contemporaneidade, Secularização, Igreja, Desigrejados

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo perceber o grupo dos desigrejados, isto é,
cristãos que se afastam das igrejas institucionais, como sintoma da pós-modernidade.
Tal pesquisa se justifica devido aos resultados do IBGE de 2000 e 2010 que apresentam
um crescimento do dado de “outras religiosidades cristãs”. Para percorrer essa trajetória,
serão apresentadas primeiramente algumas características da secularização na
modernidade e, principalmente, como elas enfraquecem as igrejas, como o fator do
aumento de sua irrelevância nas influências. Após esse passo, será analisada a
contemporaneidade, a qual possui paradoxos a serem observados que são comuns a esse
grupo, como a questão da autenticidade e da identidade. Para isso, foram utilizados
alguns autores como Charles Taylor, Sawaia, Lipovetsky e Giddens, além dos dados do
censo do IBGE e de depoimento de pessoas que frequentam tais comunidades.

Referências

BOMILCAR, Nelson. Os sem-igreja: Buscando caminhos de esperança na experiência comunitária. São Paulo: Mundo Cristão, 2012.
COLE, Neil. Igreja Orgânica: Plantando a fé onde a vida acontece. São Paulo:
Habacuc, 2007.
D'ARAUJO FILHO, Caio Fábio. Blog do Caminho da Graça. Disponível em:
<http://blogcaminho.blogspot.com.br/>. Acesso em: 30 out 2014.
GIDDENS, Anthony. Sociologia. 4. ed. Porto Alegre: Artmed, 2005.
IBGE. Estatísticas do CENSO 2010. Disponível em:
<http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/censo2010/caracteristicas_religiao
_deficiencia/caracteristicas_religiao_deficiencia_tab_pdf.shtm>. Acesso em: 02 abr
2014.
IBGE. Estatísticas do CENSO 2000. Disponível em: <
http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/censo2000/populacao/religiao_Cens
o2000.pdf>. Acesso em: 10 jun 2014.
IBGE. CENSO 2010. Disponível em: <http://censo2010.ibge.gov.br/noticiascenso?view=noticia&id=3&idnoticia=2170&busca=1&t=censo-2010-numero-catolicoscai-aumenta-evangelicos-espiritas-sem-religiao>. Acesso em: 02 abr 2014.
LIPOVETSKY, Gilles. A era do Vazio: ensaio sobre o individualismo contemporâneo.
Barueri: Manole, 2005.
LIRIO, Luciano de Carvalho. Adolescentes Evangélicos do Século XXI. São Leopoldo:
Sinodal/est, 2013.
NICOLACI-DA-COSTA, Ana Maria. A passagem interna da Modernidade para a pósModernidade. Psicologia Ciência e Profissão, São Paulo, v. 1, n. 24, p.82-93, jan. 2004.
SAWAIA, BaderBurihan. Comunidade como ética e estética de existência. Uma
reflexão mediada pelo conceito de identidade. Psike, São Paulo, v. 8, n. 1, p.19-25, out.
1999.
SILVA, Luciano. Missões 20:20. Disponível em: <http://missoes2020.org/>. Acesso
em: 02 abr 2014.
TAYLOR, Charles. Uma Era Secular. São Leopoldo: Unisinos, 2010.
TEIXEIRA, Faustino; MENEZES, Renata. Religiões em Movimento: O censo de 2010.
Petrópolis: Vozes, 2013.
VIOLA, Frank. Frank Viola Official Blog. Disponível em: <http://frankviola.org/>.
Acessoem: 02 abr 2014.
VIOLA, Frank; BARNA, George. Pagan Christianity: The Origins of Our Modern
Church Practices. Present Testimony Ministry, 2005.

Downloads

Como Citar

FERREIRA LOBO ANDRADE MACIEL, R. Cristãos sem igreja: um olhar a partir da contemporaneidade. Sacrilegens , [S. l.], v. 12, n. 2, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/sacrilegens/article/view/26842. Acesso em: 11 abr. 2021.