TOCILIZUMAB: UMA NOVA CLASSE DE AGENTES BIOLÓGICOS EFICAZ NO TRATAMENTO DA ARTRITE REUMATOIDE

  • Ana Isabela Dutra Araújo Nunes
  • Harleson Lopes de Mesquita
Palavras-chave: Artrite reumatoide. Fisiopatologia. Tocilizumab. Reação adversa.

Resumo

A artrite reumatoide é uma doença autoimune inflamatória sistêmica caracterizada pelo comprometimento da membrana sinovial das articulações periféricas. Cerca de 1% da população mundial é afetada, sendo três vezes mais prevalente em mulheres. Embora a etiologia não seja totalmente compreendida, acredita-se que seja multifatorial, resultante da interação entre fatores genéticos e ambientais. Possivelmente um evento autoimune ou infeccioso inicia a inflamação das articulações, que, em seguida, precipita uma série de respostas imunes complexas. O objetivo do trabalho foi revisar a fisiopatologia da artrite reumatoide, esclarecer o mecanismo de ação do Tocilizumab e identificar as reações adversas. O Tocilizumab é um agente biológico que teve seu uso aprovado em 2008 e atua como um antagonista do receptor de interleucina 6, bloqueando a transdução do sinal dessa citocina pró-inflamatória. Apesar das evidentes vantagens demonstradas com o uso do Tocilizumab no tratamento da artrite reumatoide, um pequeno número vem apresentando efeitos adversos graves em relação ao uso dessa droga.

Publicado
2016-05-12
Seção
Artigos