Neuroesquistossomose: estudo do perfil clínico-patológico e critérios diagnósticos

  • Katiuscia do Socorro Santos Pimenta Universidade Federal de Juiz de Fora / Juiz de Fora - MG
  • José Otávio do Amaral Corrêa
  • Harleson Lopes de Mesquita

Resumo

A presente revisão tem por objetivo realizar um estudo da forma ectópica da esquistossomose, enfatizando o acometimento do sistema nervoso pelo S. mansoni. A neuroesquistossomose é uma doença considerada rara, embora seja a segunda forma mais comum de apresentação da doença. Considerando as formas sintomáticas da neuroesquistossomose relacionada com o S. mansoni a medula espinhal é afetada com maior freqüência do que o cérebro. A apresentação neurológica da neuroesquistossomose é variável e não existe uma manifestação típica para orientar o diagnóstico, podendo ser confundido com o de outras etiologias. Considerando que o tratamento precoce dessa doença é fundamental para se evitar seqüelas e o uso indiscriminado de medicamentos para o paciente, é necessário um diagnóstico seguro e preciso.

Publicado
2011-11-07