Desenvolvendo um jogo de blocos de montar para o projeto de residências mínimas

  • Janaina Mendes de Castro
  • Marcela Martins Cavalari Cardoso
  • Izabela Ferreira e Silva
  • Cheyenne Azevedo Barros
  • Luiz Antônio Rozendo Pereira
  • Icaro Chagas da Silva
  • Carlos Victor Rosa de Lima
  • Frederico Braida
Palavras-chave: Jogo, Blocos de montar, Projeto, Arquitetura, Residência

Resumo

O seguinte artigo apresenta o processo de elaboração do jogo de blocos de montar denominado Archbricks. Idealizado como material didático direcionado aos projetos de residências mínimas, o jogo foi proposto no âmbito de uma pesquisa desenvolvida no Laboratório de Estudos das Linguagens e Expressões da Arquitetura, Urbanismo e Design (LEAUD), vinculado à Universidade Federal de Juiz de Fora, com o financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG). O principal objetivo deste artigo é evidenciar os conceitos e os processos envolvidos nas diferentes etapas de concepção, fabricação e distribuição do jogo. Metodologicamente, partiu-se de uma revisão de literatura, passando pela análise de produtos similares até chegar à versão final do Archbricks. O jogo foi produzido com auxílio de tecnologias de fabricação digital, mais especificamente com o uso de impressoras 3D, e sua distribuição é gratuita, via Internet. Assim, busca-se democratizar o acesso ao jogo, tendo como premissa a cultura maker e as noções contemporâneas de open source (código aberto) e de DIY (do it yourself – faça você mesmo).

Referências

ALEXANDRE, C.; SABBATINI, M. A contribuição dos jogos digitais nos processos deaprendizagem. In: SIMPÓSIO HIPERTEXTO E TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO, 5., 2013, Recife. Anais... Recife: Universidade Federal de Pernambuco, 2013. Disponível em: goo.gl/V4T7dq. Acesso em: 5 fev. 2018.
ALVES, F. Gamification: como criar experiências de aprendizagem engajadoras. São Paulo: DVS Editora, 2015.
BRAIDA, F. et al. Projetando com blocos de montar: residências mínimas no contexto da cidade contemporânea. In: CONGRESO DE LA SOCIEDAD IBEROAMERICANA DE GRÁFICA DIGITAL, 21., 2017, Concepción. Anais... São Paulo: Editora Blucher, 2017. p. 303-310. Disponível em: http://pdf.blucher.com.br.s3-sa-east-1.amazonaws.com/ designproceedings/sigradi2017/048.pdf. Acesso em: 20 fev. 2018.
BRAIDA, F. et al. The maker culture and the open source model in the Architecture, Urbanism and Design context: the fabrication and sharing of a game for design teaching. In: CONGRESO DE LA SOCIEDAD IBEROAMERICANA DE GRÁFICA DIGITAL, 22., 2018, Concepción. Anais... São Paulo: Editora Blucher, 2018. p. 1298-1304. Disponível em: https://www.proceedings.blucher.com.br/download-pdf/312/29889. Acesso em: 7 jan. 2019.
BURKE, B. Gamificar: como a gamificação motiva as pessoas a fazerem coisas extraordinárias. São Paulo: DVS Editora, 2015.
ECHAVARRÍA, P. Arquitectura portátil: entornos impredecibles. Barcelona: Structure, 2005.
MÁRQUEZ, L. LEGO completa 80 anos e permanece arquitetonicamente impressionante. ArchDaily Brasil, 2012. Disponível em: http://www.archdaily.com.br/73619/lego-completa-80-anos-e-permanece-arquitetonicamente-impressionante. Acesso em: 20 dez. 2017.
MAYER, R. A gramática da habitação mínima: análise do projeto arquitetônico da habitação de interesse social em Porto Alegre e Região Metropolitana. 2012. 121f.Tese (Doutorado em Arquitetura) – Programa de Pesquisa e Pós-graduação em Arquitetura, Faculdade de Arquitetura, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.
MENDES, L. T. Personalização de habitação de interesse social no Brasil: o caso da implantação urbana em conjuntos habitacionais. 2014. 263f. Tese (Doutorado em Arquitetura, Tecnologia e Cidade) – Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, Universidade Estadual de Campinas,Campinas, 2014.
MITCHELL, W. J. A lógica da arquitetura: projeto, computação e cognição. Campinas: Editora da UNICAMP, 2008.
Publicado
2020-03-09
Como Citar
de Castro, J. M., Cardoso, M. M. C., Ferreira e Silva, I., Barros, C. A., Pereira, L. A. R., da Silva, I. C., de Lima, C. V. R., & Braida, F. (2020). Desenvolvendo um jogo de blocos de montar para o projeto de residências mínimas. Principia: Caminhos Da Iniciação Científica, 19(2), 10. https://doi.org/10.34019/2179-3700.2019.v19.29912
Seção
Artigos originais - Ciências Sociais Aplicadas