Automação de medidas interferométricas

  • Eder Barboza Kapisch Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Fábio Luiz Marinho de Oliveira Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Ana Carolina de Andrade Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Felipe Kitamura Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Rachel Rocha Pinheiro Machado Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora
  • Deborah Faragó Jardim Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
  • Elton Soares de Lima Filho École Polytechnique de Montréal
  • Bernhard Lesche Universidade Federal de Juiz de Fora

Resumo

O presente trabalho relata o desenvolvimento de um equipamento que mede a atividade metabólica em até 96 amostras bacterianas interferometricamente. A finalidade deste equipamento se destina a pesquisas sobre bactérias de crescimento lento como o Mycobacterium tuberculosis. Medidas interferométricas podem informar sobre a atividade metabólica de forma precisa e em tempo real. Tipicamente estas medidas levam algumas semanas e eles acontecem de forma contínua. Por esta razão, o equipamento deve trabalhar de forma automática. Neste último ano avançamos na construção de um robô que transporta amostras entre um armário e um interferômetro. Este robô possui um braço que deve retirar uma fileira de 4 porta-amostras do armário, levá-la até a posição do interferômetro, introduzir a fileira dentro do interferômetro, posicionar os porta-amostras com precisão, retirar a fileira do interferômetro e levá-la de volta para sua origem. A maior parte da mecânica deste robô já foi construída, bem como grande parte da eletrônica que controla os movimentos . No momento, estamos desenvolvendo software e firmware, sendo possível controlar movimentos do braço robótico em duas dimensões, bem como a eletrônica com a correspondente firmware que coordena estes movimentos e se comunica com um computador que controla todo o processo de medida interferométrica.
Publicado
2018-05-03
Seção
Editorial