Avaliação de um processo de implementação de práticas de prevenção ao uso de risco de álcool entre agentes comunitários de saúde

Autores

  • Telmo Mota Ronzani Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Priscila Montianéle de Castro Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Maria Lucia Oliveira de Souza Formigoni Universidade Federal de São Paulo

Palavras-chave:

Alcoolismo, Saúde, Atenção básica,

Resumo

O presente artigo tem por objetivo avaliar o processo de implementação de práticas de triagem para o uso de risco de álcool (AUDIT), associado a uma técnica de Intervenção Breve (IB) entre Agentes Comunitários de Saúde (ACS) para detectar os fatores que dificultaram ou não essa implementação. O AUDIT mede o padrão de uso de álcool de forma rápida. As IB preparam para a mudança de comportamento de uso de substâncias psicoativas. Participaram do estudo 63 ACS das Equipes de Saúde da Família dos municípios de Juiz de Fora- MG e Rio Pomba- MG. O processo foi avaliado por métodos quantitativo (questionários, aplicados antes e após treinamento) e qualitativo (grupo focal, após o treinamento). Os resultados encontrados foram, de modo geral, mudanças positivas com relação à percepção das práticas de prevenção ao uso de risco de álcool. Constatou-se que o treinamento contribuiu para uma melhora no conhecimento objetivo sobre o tema, minimização da percepção de obstáculos para a realização da IB, melhora na auto-avaliação de preparo para realização da triagem e da IB, e melhores expectativas e crenças em relação aos resultados da IB. Entretanto, foram detectadas dificuldades para implementação efetiva dessas rotinas, como resistências quanto à possibilidade trabalho de equipe funcionar e crenças negativas com relação ao usuário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Telmo Mota Ronzani, Universidade Federal de Juiz de Fora

Professor Adjunto do Departamento de Psicologia, especialista em saúde coletiva, mestre em psicologia social pela UFMG, doutor em ciências da saúde pela Unifesp e pós-doutorando em álcool e outras dorgas pela USP e Uconn Health Center (EUA)

Priscila Montianéle de Castro, Universidade Federal de Juiz de Fora

Psicóloga e bolsista da PROPESQ/BCCG da Universidade Federal de Juiz de Fora- MG

Maria Lucia Oliveira de Souza Formigoni, Universidade Federal de São Paulo

Professora Livre-docente do Departamento de Psicobiologia da Universidade Federal de São Paulo-SP

Downloads

Publicado

2008-04-26

Como Citar

1.
Ronzani TM, de Castro PM, Formigoni MLO de S. Avaliação de um processo de implementação de práticas de prevenção ao uso de risco de álcool entre agentes comunitários de saúde. hu rev [Internet]. 26º de abril de 2008 [citado 7º de outubro de 2022];34(1):39-48. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/66

Edição

Seção

Artigos Originais