Dependência do Exercício Físico e Insatisfação com a Imagem Corporal

Autores

  • Rogerio Tasca Nunes Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Eduardo Caldas Dantas Lopes Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Vinícius de Oliveira Damasceno Universidade Salgado de Oliveira/ Juiz de Fora
  • Renato Miranda Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Maurício Gattás Bara Filho Universidade Federal de Juiz de Fora

Palavras-chave:

dependência, exercício, imagem corporal,

Resumo

O objetivo do presente estudo foi comparar o nível de dependência psicológica entre universitários, atletas e praticantes de atividade física em academia de ginástica e traçar a relação entre o grau de dependência psicológica ao exercício físico com distúrbio de imagem corporal. Participaram do estudo122 pessoas com idade 24,81 ± 7,5 anos, sendo 62 praticantes de atividades físicas regulares em academia, 30 universitários e 30 atletas competitivos. Para a mensuração do nível de dependência psicológica ao exercício foi utilizado o questionário adaptado por Rosa (2004) e para a avaliação da imagem corporal utilizou-se conjunto de silhuetas adaptada por Damasceno (2004). Os resultados apontaram que o nível de dependência psicológica ao exercício dos praticantes de atividade física em academia de ginástica é significativamente (p<0,05) maior que dos universitários e atletas e que não foi encontrada nenhuma relação entre o grau de dependência psicológica ao exercício físico com distúrbio de imagem corporal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-01-29

Como Citar

1.
Nunes RT, Lopes ECD, Damasceno V de O, Miranda R, Filho MGB. Dependência do Exercício Físico e Insatisfação com a Imagem Corporal. HU Rev [Internet]. 29º de janeiro de 2008 [citado 25º de maio de 2024];33(4):113-8. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/63

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)