Cromatografia líquida de alta eficiência aplicada ao controle da qualidade de cis-permetrina em loção capilar

Autores

  • Nádia Rezende Barbosa Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Francelis Oliveira Santos Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Aline Siqueira Ferreira Universidade Federal de Juiz de Fora

Palavras-chave:

permetrina, cromatografia líquida, preparações para cabelo, infestações por piolhos,

Resumo

Doenças ectoparasitárias como a escabiose, a pediculose, a tungíase e a larva migrans cutânea são epidêmicas em inúmeras comunidades carentes no Brasil e seu controle efetivo é um desafio para a saúde pública. Embora a permetrina seja um dos medicamentos aprovados pelo Food and Drug Administration para o tratamento da pediculose, não há um método oficial disponível para a realização do controle da qualidade deste produto em loção capilar de uso humano. Assim, o objetivo deste trabalho foi desenvolver e validar um método analítico sensível, específico, preciso e exato para esta análise, seguindo os critérios descritos na Resolução no 899/ 2003 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). A cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC) com detector diode array (comprimento de onda = 235 nm) foi empregada na determinação de cis-permetrina em loção capilar, visando implementar um sistema de controle da qualidade em laboratórios analíticos. A cis-permetrina e a substância utilizada como padrão interno (PI), o cloridrato de nafazolina, foram separados em coluna analítica S5W (4,6 x 150 mm) Waters Spherisorb® e eluídos isocraticamente (fluxo de 1,2 mL/min). A cis-permetrina e o PI foram caracterizados pelos tempos de retenção de 1,52 e 8,66 minutos, respectivamente. O método mostrou-se linear na faixa de 1,6 a 127,5 μg/mL e nos estudos de precisão intra e interensaio foram obtidos coeficiente de variação inferiores a 5%, calculados a partir dos resultados. A exatidão média do método foi de 103%. Os limites de detecção e quantificação foram 1,6 μg/mL e 2,4 μg/mL respectivamente. A cis-permetrina manteve-se estável por 24 horas à temperatura ambiente; por 15 dias a 4ºC e 30 dias a -20ºC. O método mostrou-se simples e apropriado para a determinação de cis-permetrina em loção capilar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2008-03-29

Como Citar

1.
Barbosa NR, Santos FO, Ferreira AS. Cromatografia líquida de alta eficiência aplicada ao controle da qualidade de cis-permetrina em loção capilar. hu rev [Internet]. 29º de março de 2008 [citado 30º de novembro de 2022];34(1):49-55. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/47

Edição

Seção

Artigos Originais