Análise da satisfação com a aparência labial de estudantes de uma instituição universitária brasileira: um estudo piloto

Autores

  • Andresa Rayane Sarinho Galdino Departamento de Odontologia, Faculdade de Odontologia, Universidade Estadual da Paraíba
  • João Paulo da Silva Neto Departamento de Odontologia, Faculdade de Odontologia, Universidade Estadual da Paraíba
  • Bianca Berto Rodrigues Departamento de Odontologia, Faculdade de Odontologia, Universidade Estadual da Paraíba
  • Geovanna Caroline Brito da Silva Departamento de Odontologia, Faculdade de Odontologia, Universidade Estadual da Paraíba https://orcid.org/0000-0002-8943-5638

DOI:

https://doi.org/10.34019/1982-8047.2024.v50.43070

Palavras-chave:

Lábio, Técnicas Cosméticas, Odontologia

Resumo

Introdução: Os lábios são essenciais para a simetria e estética da face, além de serem associados, muitas vezes, a características de beleza e atratividade. Objetivo: Analisar a satisfação com a aparência labial de estudantes de uma instituição universitária brasileira. Material e Métodos: Foi realizado um estudo piloto do tipo transversal, descritivo e com um método de análise de frequência. A amostra foi composta por trinta e três estudantes de odontologia, do sexo feminino e com idade de 18 a 30 anos. Foi aplicado um questionário, formulado pelos pesquisadores, que englobou perguntas sobre o nível de satisfação/insatisfação e de motivação/desmotivação com diferentes aspectos morfológicos ligados à aparência labial, à possibilidade e ao interesse de realizar procedimentos estéticos nos lábios, além de questões para investigar fatores de influência advindos do meio externo, não ligados à impressão estética individual, que nutrem o desejo de realização de intervenções labiais. Resultados: Constatou-se que 78,8% das participantes relataram satisfação com a sua aparência labial e que 63,7% delas teriam facilidade em realizar procedimentos estéticos nos lábios. Na maioria das questões respondidas, a taxa de insatisfação foi inferior à de motivação para realizar procedimentos estéticos relacionados aos diferentes aspectos morfológicos labiais. Conclusão: A maioria das estudantes relataram estar satisfeitas com a sua aparência labial. Contudo, a motivação para realizar procedimentos estéticos labiais se manteve constante, sendo o aumento de volume dos lábios a intervenção mais desejada pela amostra. Adicionalmente, o acompanhamento de procedimentos labiais feitos por pessoas conhecidas ou famosos foi um fator gerador de interesse nas participantes desta pesquisa para também realizarem possíveis intervenções estéticas nos lábios.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Moragas JS, Vercruysse HJ, Mommaerts MY. "Non-filling" procedures for lip augmentation: a systematic review of contemporary techniques and their outcomes. J Craniomaxillofac Surg. 2014; 42(6):943-52. doi: 10.1016/j.jcms.2014.01.015

Zhang GL, Meng H, Huang JH, Hong XF, Zhang HS. T-shaped excision of the orbicularis oris muscle: an innovative technique for upper lip lift procedures. Aesthet Surg J. 2015; 35(4):456-61. doi: 10.1093/asj/sju056

Luthra A. Shaping lips with fillers. J Cutan Aesthet Surg. 2015; 8(3):139-42. doi: 10.4103/0974-2077.167269

Sparavigna A, Tenconi B, Giori AM, Bellia G, La Penna L. Evaluation of the efficacy of a new hyaluronic acid gel on dynamic and static wrinkles in volunteers with moderate aging/photoaging. Clin Cosmet Investig Dermatol. 2019; 12:81-90. doi: 10.2147/CCID.S191935

Alam M, Tung R. Injection technique in neurotoxins and fillers: indications, products, and outcomes. J Am Acad Dermatol. 2018; 79(3):423-35. doi: 10.1016/j.jaad.2018.01.037

Lemperle G, Anderson R, Knapp TR. An index for quantitative assessment of lip augmentation. Aesthet Surg J. 2010; 30(3):301-10. doi: 10.1177/1090820X10374095

Cardim VLN, Silva AS, Salomons RL, Dornelles RFV, Blom JOS, Silva AL. “Double duck” nasolabial lifting. Rev Bras Cir Plást. 2011; 26(3):466-71. doi: 10.1590/S1983-51752011000300017

Richardson MA, Rousso DE, Replogle WH. Long-term analysis of lip augmentation with superficial musculoaponeurotic system (SMAS) tissue transfer following biplanar extended SMAS rhytidectomy. JAMA Facial Plast Surg. 2017; 19(1):34-9. doi: 10.1001/jamafacial.2016.1145

Linkov G, Wick E, Kallogjeri D, Chen CL, Branham GH. Perception of upper lip augmentation utilizing simulated photography. Arch Plast Surg. 2019; 46(3):248-54. doi: 10.5999/aps.2018.01319

Talei B. The modified upper lip lift: advanced approach with deep-plane release and secure suspension: 823-patient series. Facial Plast Surg Clin North Am. 2019; 27(3):385-98. doi: 10.1016/j.fsc.2019.04.004

Contador EB, Suguihara RT, Muknicka DP. Volumização labial na HOF: uma revisão narrativa de literatura. Res Soc Dev. 2023; 12(5):e12112541610. doi: 10.33448/rsd-v12i5.41610

Gupta A, Miller PJ. Management of lip complications. Facial Plast Surg Clin North Am. 2019; 27(4):565-70. doi: 10.1016/j.fsc.2019.07.011

Mackey A, Gass S. Common data collection measures. In: Mackey A, Gass S. Second language research: methodology and design. Mahwah: Lawrence Erlbaum; 2005. p. 43-99.

Canhota C. Qual a importância do estudo piloto? In: Silva EE. (org.). Investigação passo a passo: perguntas e respostas essenciais para investigação clínica. Lisboa: APMCG; 2008. p. 69-72.

Bailer C, Tomitch LMB, D’Ely RCS. Planejamento como processo dinâmico: a importância do estudo piloto para uma pesquisa experimental em linguística aplicada. Revista Intercâmbio. 2011; 24:129-46.

Dias F, Milani V, Guimarães H, Metelmann U. Experience with the lip filling technique: lip tenting. Surg Cosmet Dermatol. 2020; 12(2):135-42. doi: 10.5935/scd1984-8773.20201221481

Czumbel LM, Farkasdi S, Gede N, Mikó A, Csupor D, Lukács A et al. Hyaluronic acid is an effective dermal filler for lip augmentation: a meta-analysis. Front Surg. 2021; 8:681028. doi: 10.3389/fsurg.2021.681028

Wege J, Anabtawi M, Blackwell MA, Patterson A. Lymphangioma formation following hyaluronic acid injection for lip augmentation. Cureus. 2021; 13(1):e12929. doi: 10.7759/cureus.12929

Baudoin J, Meuli JN, di Summa PG, Watfa W, Raffoul W. A comprehensive guide to upper lip aesthetic rejuvenation. J Cosmet Dermatol. 2019; 18(2):444-50. doi: 10.1111/jocd.12881

Cyr CS, Prevot H. Lifting de la lèvre supérieure. Annales de Chirurgie Plastique Esthétique. 2017; 62(5):482-87.

Hopkins ZH, Moreno C, Secrest AM. Influence of social media on cosmetic procedure interest. J Clin Aesthet Dermatol. 2020; 13(1):28-31.

Ward B, Ward M, Paskhover B. Google trends as a resource for informing plastic surgery marketing decisions. Aesthetic Plast Surg. 2018; 42(2):598-602. doi: 10.1007/s00266-017-1019-4

Heidekrueger PI, Szpalski C, Weichman K, Juran S, Ng R, Claussen C et al. Lip attractiveness: a cross-cultural analysis. Aesthet Surg J. 2017; 37(7):828-36. doi: 10.1093/asj/sjw168

Downloads

Publicado

2024-06-17

Como Citar

1.
Galdino ARS, Silva Neto JP da, Rodrigues BB, Silva GCB da. Análise da satisfação com a aparência labial de estudantes de uma instituição universitária brasileira: um estudo piloto. HU Rev [Internet]. 17º de junho de 2024 [citado 15º de julho de 2024];50:1-10. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/43070

Edição

Seção

Artigos Originais