A Psicologia Hospitalar e da Saúde no enfrentamento do coronavírus: necessidade e proposta de atuação

  • Fabiane Rossi Grincenkov Departamento de Psicologia, Universidade Federal de Juiz de Fora
Palavras-chave: Infecções por Coronavirus, Psicologia hospitalar, Psicologia da saúde

Biografia do Autor

Fabiane Rossi Grincenkov, Departamento de Psicologia, Universidade Federal de Juiz de Fora

Atualmente é Professora Adjunta do Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Atuou como Professora Adjunta do Departamento de Medicina da UFJF-Campus Governador Valadares de marco de 2014 a fevereiro de 2015. Docente do Programa de Pos-Graduação em Psicologia - UFJF e da Residencia Multiprofissional em Saúde do Adulto do HU-CAS-UFJF. Vice-coordenadora do Centro de Psicologia Aplicada (CPA) UFJF. Vice-coordenadora do Núcleo Interdisciplinar de Investigação em Psicossomática, Saúde e Organizações (NUIPSO) da UFJF. Pesquisadora do Núcleo de Pesquisas e Práticas Sociais em Políticas Públicas e Saúde (PPS) da UFJF. Possui graduação em Psicologia pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora (CES-JF). Mestre e Doutora em Saúde pela UFJF. Estágio de pesquisa (doutorado) no Karolinska Institute (Estocolmo). Formação em Dinâmica de Grupo (SOBRAP). Atua principalmente na área de Psicologia Hospitalar e da Saúde. 

Referências

Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção Primária à Saúde. Protocolo de manejo clínico do coronavírus (COVID-19) na atenção primária à saúde. Brasília: Secretaria de Atenção Primária à Saúde; 2020. [citado em 26 de março de 2020]. Disponível em: https://www.saude.gov.br/images/pdf/2020/marco/20/20200318-ProtocoloManejo-ver002.pdf

Dimenstein M. A cultura profissional do psicólogo e o ideário individualista: implicações para a prática no campo da assistência pública à saúde. Estud Psicol. 2000; 5(1):95-121.

Castro EK. Psicologia da Saúde x Psicologia Hospitalar: definições e possibilidades de inserção profissional. Psicol Cienc Prof. 2004; 4(3):48-57.

Bruck NRV. A Psicologia das emergências: um estudo sobre angústia pública e o dramático cotidiano do trauma [tese]. Rio Grande do Sul: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; 2007.

Conselho Federal de Psicologia (BR). 2020. [citado em 26 de março de 2020]. Disponível em: https://site.cfp.org.br/

Organização Pan-Americana da Saúde. Proteção da saúde mental em situações de epidemias. [citado em 26 de março de 2020]. Disponível em: http://new.paho.org/hq/dmdocuments/2009/Protecao-da-Saude-Mental-em-Situaciones-de-Epidemias--Portugues.pdf

Lemes CB, Neto JO. Aplicações da psicoeducação no contexto da saúde. Temas Psicologia. 2007; 25(1):17-28.

Pereira FM, Penido MA. Aplicabilidade teórico-prática da terapia cognitivo comportamental na psicologia hospitalar. Revista Brasileira de Terapias Cognitivas. 2020; 6(2):189-220.

Porto G, Lustosa MA. Psicologia hospitalar e cuidados paliativos. Revista da Sociedade Brasileira de Psicologia Hospitalar. 2010; 13(1):76-93.

Publicado
2020-04-08
Como Citar
1.
Grincenkov FR. A Psicologia Hospitalar e da Saúde no enfrentamento do coronavírus: necessidade e proposta de atuação. hu rev [Internet]. 8º de abril de 2020 [citado 25º de outubro de 2020];460:1-. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/30050
Seção
Editorial