Avaliação da eficácia de distintas preparações de hidróxido de cálcio sobre Pseudomonas aeruginosa.

Autores

  • Solon Oliveira Leite UFJF

Palavras-chave:

Endodontia. Canal Pulpar. Canal Radicular. Pseudomonas aeruginosa.

Resumo

Pseudomonas aeruginosa é um patógeno humano associado a casos de infecções reincidentes em canais radiculares. A antissepsia destes canais é uma dificuldade enfrentada no tratamento endodôntico.  A clorexidina é um antibiótico introduzido há muito tempo na prática odontológica e ainda muito utilizado. A aplicação intracanal de pastas à base de Hidróxido de Cálcio (HC) tem sido um protocolo muito recomendado. O uso de veículos pode aumentar o espectro de atuação do HC e potencializar o seu poder antimicrobiano.Neste trabalho foi analisada a atividade antimicrobiana do HC através de distintos veículos como salina, glicerina e Paramonoclorocanforado (PMCC). A clorexidina foi usada como controle.  A média de halos de inibição de HC com salina foi de 17,30 ± 2,372 (24 h) e 17,18 ± 2,324 (48h); para a glicerina 21,06 ± 0,6794 (24h) e 20,74 ± 1,091 (48 h); para o PMCC 36,70 ± 1,875 (24h) e 36,26 ± 1,719 (48h). A clorexidina não apresentou diferença estatística na média dos halos de inibição em relação às pastas formadas por HC com glicerina e salina. Já o HC associado ao PMCC apresentou média de halos de inibição significativamente maiores que a média da clorexidina.  Sendo assim, o PMCC se apresenta como uma alternativa a ser mais utilizada para a otimização da antissepsia dos canais radiculares, diminuindo as chances de infecção reincidente, grande responsável pelo insucesso dos tratamentos endodônticos.

Downloads

Publicado

2015-08-20

Como Citar

1.
Leite SO. Avaliação da eficácia de distintas preparações de hidróxido de cálcio sobre Pseudomonas aeruginosa. hu rev [Internet]. 20º de agosto de 2015 [citado 11º de abril de 2021];40(1 e 2). Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/2211

Edição

Seção

Artigos Originais