Caracterização fitoquímica e avaliação da capacidade antioxidante de diferentes partições de Lacistema pubescens Mart.

Autores

  • Josiane Mello Silva UFJF
  • Erick Vicente Silva Motta UFJF
  • Renata Freitas Mendes UFJF
  • Elita Scio UFJF

Palavras-chave:

Ciências da saúde

Resumo

Este estudo teve como objetivos avaliar o potencial antioxidante e verificar o perfil fitoquímico do extrato bruto metanólico e das partições hexânica, diclorometânica, em acetato de etila e hidrometanólica das folhas de Lacistema pubescens. A atividade antioxidante foi avaliada pelos métodos do DPPH e TBA. Pelo método do DPPH, todas as amostras foram efetivas em sequestrar o radical livre e, pelo ensaio com TBA, todas as amostras, com exceção da partição hexânica, inibiram significativamente a peroxidação lipídica. A partição hidrometanólica foi a que apresentou a melhor atividade antioxidante e também o maior conteúdo de substâncias fenólicas. Estas, portanto, parecem ser as responsáveis pela atividade encontrada.

Palavras-chave: Lacistema pubescens. Antioxidante. Peroxidação lipídica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Josiane Mello Silva, UFJF

Departamento de bioquímica - área de farmacognosia

Erick Vicente Silva Motta, UFJF

Departamento de bioquímica - área de farmacognosia

Renata Freitas Mendes, UFJF

Departamento de bioquímica - área de farmacognosia

Elita Scio, UFJF

Departamento de bioquímica - área de farmacognosia

Downloads

Publicado

2012-05-10

Como Citar

1.
Silva JM, Motta EVS, Mendes RF, Scio E. Caracterização fitoquímica e avaliação da capacidade antioxidante de diferentes partições de Lacistema pubescens Mart. hu rev [Internet]. 10º de maio de 2012 [citado 9º de fevereiro de 2023];37(3). Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/1568

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)