O SENTIDO DO TERMO CONFITERI NO PENSAMENTO DE AGOSTINHO DE HIPONA

Autores

  • Fábio Dalpra Universidade Federal de Juiz de Fora

DOI:

https://doi.org/10.34019/2448-2137.2011.17763

Resumo

O conceito de confissão despertou a atenção dos pensadores cristãos do período patrístico desde seus primeiros escritos. Interesse que culminaria no surgimento da obra Confissões de Agostinho de Hipona. Neste sentido, o objetivo deste artigo é discutir o conceito de confissão a partir desta obra central no estabelecimento do pensamento agostiniano, dimensionando suas implicações teológicas, psicológicas, éticas e metafísicas.

Downloads

Publicado

2018-08-14