Rezadeira, educação popular e promoção da saúde: uma experiência no Nordeste brasileiro

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34019/1809-8363.2023.v26.41441

Palavras-chave:

Cura pela Fé, Promoção da Saúde, Aprendizagem Baseada em Problemas

Resumo

Neste estudo, aborda-se a atuação de rezadeiras que adotam a educação popular como fundamento de sua prática em uma comunidade vulnerável com base na orientação metodológica de Holliday. Trata-se de um relato de experiência, de natureza qualitativa, que descreve as práticas populares de saúde, durante o mês de outubro de 2022. Os dados coletados resultam da observação direta e de diálogos durante visitas realizadas em um espaço de práticas populares de uma comunidade no município do Nordeste brasileiro, onde a rezadeira exerce suas ações de cuidado. Em face, os resultados são debatidos os caminhos para conhecer a educadora popular, o território, as práticas de cuidado e seus impactos na melhoria das condições de saúde, ancoradas em marcos teóricos da Política Nacional de Promoção da Saúde (PNaPS) e Política Nacional de Educação Popular em Saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde (PNEPS-SUS), com contribuições teóricas baseadas na pedagogia dialógica de Paulo Freire. Em vista disso, a experiência permitiu um espaço de reflexão-crítica, diálogo com a educadora popular, e, sobretudo, um processo de compreensão do papel social das rezadeiras em uma comunidade vulnerável, como uma agente promotora de saúde, rompendo modelos hegemônicos de formação na saúde e de produção do cuidado.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jonas Loiola Gonçalves, Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Graduado em Fisioterapia pela Faculdade Estácio do Ceará (Estácio-FIC), mestre em Saúde Coletiva pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR) e doutorando em Saúde Coletiva na Universidade Estadual do Ceará (UECE). CV: http://lattes.cnpq.br/3238333374893971

Danuta Tereza Lima Sena, Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Graduada em Letras (Português/Literatura) pela Universidade Federal do Ceará (UFC), mestra em Letras pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) e doutoranda em Saúde Coletiva na Universidade Estadual do Ceará (UECE).  CV: http://lattes.cnpq.br/4224102254960751

Adriana Rodrigues da Cunha, Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Graduada em Comunicação Social (Jornalismo) pela Faculdade Cearense (FAC) e mestranda em Saúde Pública na Universidade Estadual do Ceará (UECE). CV: http://lattes.cnpq.br/1935564038673772

José Maria Ximenes Guimarães, Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Graduado em Enfermagem pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), mestre em Saúde Pública e doutor em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), com pós-doutorado pela mesma instituição. CV:  http://lattes.cnpq.br/3885018200482759

Downloads

Publicado

2024-01-19

Como Citar

Gonçalves, J. L. ., Sena, D. T. L. ., Cunha, A. R. da ., & Guimarães, J. M. X. . (2024). Rezadeira, educação popular e promoção da saúde: uma experiência no Nordeste brasileiro. Revista De APS, 26. https://doi.org/10.34019/1809-8363.2023.v26.41441

Edição

Seção

Relatos de Experiência

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)