A pesquisa científica no cotidiano de trabalho do agente comunitário de saúde: relato de experiência

Autores

Palavras-chave:

Agentes Comunitários de Saúde, Infecções por Coronavírus, Avaliação da Pesquisa em Saúde, Atenção Primária à Saúde

Resumo

Este artigo é um relato de experiência que tem por objetivo apresentar as atividades e as experiências dos agentes comunitários de saúde (ACS) decorrentes da realização da primeira fase de um estudo multicêntrico sobre prevenção e controle da Covid-19 em três Unidades de Saúde da Família de um município do estado da Bahia. A participação dos ACSs foi dividida em três etapas: I – Convite e qualificação; II – Coleta de dados; III – Discussão sobre a pesquisa. Participaram 16 ACSs, destacando-se, nesse processo, a utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) e os impactos observados pelos ACSs no seu processo de trabalho ao participar da coleta e discussão dos dados da pesquisa. Observou-se a importância do desenvolvimento do estudo no âmbito da Atenção Primária à Saúde como forma de qualificação do trabalho do ACS no uso das TICs e na vigilância em saúde no território bem como a importância da Prática Baseada em Evidências Científicas no trabalho em saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Matheus Ribeiro dos Santos, Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB)

Graduado em Odontologia pela Universidade Federal de Sergipe (UFS).  Mestrando em Saúde da Família no Mestrado Profissional em Saúde da Família (PROFSAUDE), da Fiocruz/Abrasco/Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB). CV: http://lattes.cnpq.br/3975759764863395

Maria da Conceição Julião Badaró, Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB)

Graduada em Enfermagem pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas). Mestranda no Programa de Mestrado Profissional em Saúde da Família (PROFSAUDE) da Fiocruz/Abrasco/Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB). CV: http://lattes.cnpq.br/5403743639671866

Lina Rodrigues de Faria, Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB)

Historiadora, fisioterapeuta, mestra em Saúde Coletiva pelo Instituto de Medicina Social/Uerj e doutora em Saúde Coletiva pelo Instituto de Medicina Social/Uerj, com pós-doutorado em Política Científica e Tecnológica pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Professora Associada da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB). CV: http://lattes.cnpq.br/3627559799699510

Downloads

Publicado

2022-05-06

Edição

Seção

Relatos de Experiência