Sistematização da propedêutica de massas cervicais – da Atenção Primária à Terciária

Autores

Palavras-chave:

Fluxograma, Diagnóstico diferencial, Linfonodos, Neoplasias de cabeça e pescoço, Prevenção Quaternária

Resumo

Introdução: As massas cervicais são causas frequentes de encaminhamentos aos ambulatórios de otorrinolaringologia, muitas vezes com pouca abordagem na atenção primária à saúde. Sendo assim, a falta de uma rotina de manejo pode deixar o médico assistente inseguro e por vezes confuso quanto ao caminho de investigação a ser seguido, tornando-se necessário elaborar e aplicar uma rotina propedêutica que facilite e direcione o raciocínio clínico para diagnóstico de massas cervicais. Desenvolvimento: Através de revisão da literatura de artigos científicos coletados nos portais Medline, Lilacs e PubMed, utilizando descritores específicos como: necklump; head and neck cancer; epidemiology of head and neck cancer e consulta à literatura médica específica, foi elaborado um fluxograma para diagnóstico inicial das massas cervicais. Conclusão: Os autores elaboraram um fluxograma para a investigação e diagnóstico das massas cervicais de fácil memorização e aplicabilidade, adequado às condições estruturais de instituições públicas, e visando melhor atendimento, minimização de riscos, bem como qualificação dos profissionais. O fluxograma proposto visa ao diagnóstico diferencial entre doenças malignas e benignas, focando no que pode ser feito a nível de atenção primária à saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ludimila de Oliveira Cardoso Ouverney, Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Graduada em Medicina pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), especialista em Otorrinolaringologia pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial e mestranda em Saúde na UFJF.  CV: http://lattes.cnpq.br/9252072740411181

André Costa Pinto Ribeiro , Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Graduado em Medicina pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), mestre e doutorando em Saúde pela UFJF, especialista em Otorrinolaringologia pela ABORLCCF, com MBA em Gestão de Negócios pela UFJF. CV: http://lattes.cnpq.br/4350792965281746

Guilherme Laporti Brandão, Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Graduado em Medicina pela Escola Superior de Ciências da Santa Casa de Misericórdia de Vitória (EMESCAM), possui Certificado em Suporte Avançado de Vida Cardiovascular (ACLS) pela American Heart Association (AHA). Residente de Otorrinolaringologia no Hospital Universitário – Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). CV: http://lattes.cnpq.br/3172766792631866

Audryo Oliveira Nogueira, Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Graduado em medicina pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Médico residende em Otorrinolaringologia no Hospital Universitário (HU-UFJF). CV: http://lattes.cnpq.br/7562343077345358

Tarssius Capelo Candido, Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Graduado em Medicina pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). especialista em Atenção Básica em Saúde da Família pela Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL),  pós-graduado em Otorrinolaringologia pela UFJF e mestrando em Saúde Coletiva pela UFJF. CV: http://lattes.cnpq.br/5559831459623092

Wilson Benini Guercio, Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Graduado em Medicina pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e mestre em Otorrinolaringologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Professor Titular de Otorrinolaringologia Aplicada à Fonoaudiologia do Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora (CES/JF). CV: http://lattes.cnpq.br/7882140575794432

Downloads

Publicado

2022-07-25

Edição

Seção

Relatos de Experiência