Cuidado e acesso à saúde da mulher trans na Saúde Básica

Autores

  • Ana Kellen Mota da Costa Almeida Centro Universitário Christus - Unichristus
  • Maria Jhéssica Almeida Carneiro Centro Universitário Christus - Unichristus https://orcid.org/0000-0002-2206-7383
  • Lícia Amélia Siebra Cavalcante Centro Universitário Christus - Unichristus
  • Priscilla de Almeida Santos Centro Universitário Christus - Unichristus https://orcid.org/0000-0003-2114-3011
  • Tulius Augustus Ferreira de Freitas Centro Universitário Christus - Unichristus

Palavras-chave:

Atenção Primária à Saúde, Acesso aos Cuidados de Saúde, Serviços de Saúde Para Pessoas Transgênero, Minorias Sexuais e de Gênero, Mulher Trans

Resumo

O preconceito e a discriminação originam diversos problemas relacionados à saúde e ao acesso aos cuidados com mulheres transexuais. É importante destacar a existência de políticas específicas, uma vez que, a partir delas, discute-se a inclusão; muito embora, os princípios de integralidade, universalidade e equidade no cuidado a essas mulheres estejam longe de serem alcançados. Objetivou-se realizar uma revisão sistemática de literatura, visando compreender o acesso e o cuidado da saúde de mulheres trans. Realizou-se buscas nas bases de dados Scielo, Pubmed e Lilac de 2015 a 2020, em setembro de 2020, em português. As palavras-chave foram: “Mulher Trans”, “transexual”, “pessoa trans”. Foram encontradas 11 referências e, dessas, somente 1 refere-se ao acesso de mulheres trans aos serviços de saúde com demanda de transição de gênero e prevenção da AIDS. Esse artigo também relata a resistência ao uso do nome social pelos profissionais de saúde, gerando constrangimento nas pacientes, fato que dificulta o acesso ao serviço de saúde. Os outros estudos estavam relacionados com a pessoa trans em geral. Em conclusão, apesar de existirem mecanismos legais voltados ao acesso da mulher trans ao serviço de saúde, na prática, esses instrumentos não são observados, de modo que esta população permanece com dificuldade para acessar os serviços. A literatura mostra-se escassa em relação à produção de trabalhos que abordem a oferta de serviço de saúde básica para a população em questão. Faz-se necessário mais estudos que envolvam a população de mulheres trans para que novas medidas de acolhimento e cuidado integral sejam discutidas e postas em prática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Kellen Mota da Costa Almeida, Centro Universitário Christus - Unichristus

Acadêmica de Medicina da Unichristus. Integrante do PASMA - Projeto de Assistência à Saúde da Mulher Atual.

Maria Jhéssica Almeida Carneiro, Centro Universitário Christus - Unichristus

Acadêmica de Medicina da Unichristus. Integrante do PASMA - Projeto de Assistência à Saúde da Mulher Atual.

Lícia Amélia Siebra Cavalcante, Centro Universitário Christus - Unichristus

Acadêmica de Medicina da Unichristus. Integrante do PASMA - Projeto de Assistência à Saúde da Mulher Atual.

Priscilla de Almeida Santos, Centro Universitário Christus - Unichristus

Acadêmica de Medicina da Unichristus. Integrante do PASMA - Projeto de Assistência à Saúde da Mulher Atual.

Tulius Augustus Ferreira de Freitas, Centro Universitário Christus - Unichristus

Médico ginecologista obstetra, professor da Unichristus.

Downloads

Publicado

2021-06-01

Edição

Seção

Resumos